Por favor salvem esta menina. Apelo de Viana. Angola. Filha de 5 anos de idade que acerca de 2 anos está doente com Neoplasia Vesical (um tumor maligno na zona genital). O pouco que cada um pode dar já é muito para quem precisa, não precisamos ter muito para ajudar. Se cada um de nós depositar um pouco podemos ajudar a salvar a vida dessa menina. Quem puder ajudar pode depositar na conta: 000005001760033 ou IBAN A006.0034.0000.0500.1760.0334.1 de Lidia Manuel no banco Millenium

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Mulher tem 180 orgasmos em duas horas





Doença rara provoca excitação constante e incontrolável a uma mulher de 30 anos. Está desesperada.
Uma mulher norte-americana sofre de uma rara disfunção que lhe provoca 180 orgasmos em duas horas. Aos 30 anos, Cara Anaya-Carlis afirma que a sua vida está a ser arruinada e que raramente sai de casa. Está incapaz de trabalhar. Foi-lhe diagnosticada uma doença persistente de prazer sexual, há três anos. Desde que teve orgasmos espontâneos em supermercados, no parque infantil ou mesmo quando ia buscar o filho à escola, deixou de sair de casa.

CMJORNAL

"Até mesmo ir buscar o meu filho à escola é uma preocupação porque a excitação vai crescendo e eu acabo por ter de ficar no carro até passar ou até conseguir disfarçar", explica.
Tudo começou há três anos quando fazia compras e ficava sexualmente excitada com tudo o que via, cheirava e tocava. A mulher começou a entrar em pânico e a excitação continuou até que ela caiu no chão e teve três orgasmos.
Já tentou de tudo para se curar: banhos gelados, alterar a dieta alimentar e fazer mais exercício físico, mas nada resulta. Foi obrigada a controlar o grau de excitação, que afirma afetar muito o seu bem-estar psíquico.
Alguns dos efeitos desta doença, sem cura, são a desidratação, lesões nos joelhos e tornozelos e uma exaustão total devido à dificuldade em adormecer. E como se não bastasse esta doença também lhe está a afetar o casamento. "Ainda podemos fazer sexo, mas pode tornar-se extremamente frustrante para os dois porque eu estou sempre excitada", lamenta.
Imagem: Cara e o marido