Por favor salvem esta menina. Apelo de Viana. Angola. Filha de 5 anos de idade que acerca de 2 anos está doente com Neoplasia Vesical (um tumor maligno na zona genital). O pouco que cada um pode dar já é muito para quem precisa, não precisamos ter muito para ajudar. Se cada um de nós depositar um pouco podemos ajudar a salvar a vida dessa menina. Quem puder ajudar pode depositar na conta: 000005001760033 ou IBAN A006.0034.0000.0500.1760.0334.1 de Lidia Manuel no banco Millenium

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Alimentação com excesso de sal prejudica os ossos, dizem pesquisadores




Muito sal no prato abre as portas para a osteoporose
Na Universidade de Shimane, no Japão, pesquisadores avaliaram exames de densidade óssea e a alimentação de 213 voluntárias que passaram pela menopausa. E, aí, verificaram que aquelas que consumiam cerca de 18 gramas de sal todo dia corriam um risco quatro vezes maior de quebrar um osso em relação às participantes que ingeriam doses mais modestas. A culpa é do sódio, principal componente do tempero. "Já está bem claro que, em excesso, ele promove a perda de cálcio pela urina", observa a nutricionista Barbara Peters, da Universidade Federal de São Paulo. O organismo contorna a situação mandando o cálcio do esqueleto para a corrente sanguínea. Só que, dessa maneira, os ossos ficam fragilizados e, assim, suscetíveis a fraturas", explica a especialista.
Imagem: Só num hambúrguer há quase metade do sódio permitido por dia!
Foto: Getty Images