quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Greve na Clínica Girassol de Luanda


Os trabalhadores alegam que existem disparidades salariais "abismais" entre funcionários afectos a entidades diferentes mas que desempenham o mesmo serviço, e falam em trabalho nocturno por pagar e descontos não previstos nos contratos.
Os funcionários da clínica do grupo Sonangol queixam-se ainda da ausência de assistência médica para os familiares.


Imagem: Mais de 400 funcionários da Clínica Girassol entraram esta quarta-feira em greve por motivos salariais.
Leia mais aqui