Por favor salvem esta menina. Apelo de Viana. Angola. Filha de 5 anos de idade que acerca de 2 anos está doente com Neoplasia Vesical (um tumor maligno na zona genital). O pouco que cada um pode dar já é muito para quem precisa, não precisamos ter muito para ajudar. Se cada um de nós depositar um pouco podemos ajudar a salvar a vida dessa menina. Quem puder ajudar pode depositar na conta: 000005001760033 ou IBAN A006.0034.0000.0500.1760.0334.1 de Lidia Manuel no banco Millenium

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Dor no Peito e Sindrome de Tietze




O que é a Síndrome de Tietze?
Síndrome de Tietze é uma inflamação entre a cartilagem costal e o externo. Podemos defini-la como uma externo-condrite.

http://www.marcosbritto.com/2011/11/dor-no-peito-sindrome-de-tietze.html

Porque essa patologia recebe esse nome?
A externo-condrite foi descrita pelo cirurgião alemão Alexander Tietze que deu nome a síndrome.

Como a doença de manifesta?
A principal queixa da síndrome de Tietze é a dor aguda. Essa dor torácica aguda muitas vezes assusta o paciente que pensa que está infartando. Diferente do infarto ocorre aumento da dor com a palpação local a região fica dolorida e algumas vezes inchada (edema, aumento de volume local)

Quanto tempo dura a Síndrome de Tietze?
A duração é variável e está relacionada a sua causa. Pode duras poucos dias nos casos após esforços físicos porém a literatura salienta casos de ate 12 semanas nos casos de infecção viral.

A dor pode se tornar crônica?
Sim, porem isso é raro.

Quais as características da dor na Síndrome de Tietze?A dor pode ser idêntico a um ataque cardíaco e pode causar hiper ventilação, ataques de ansiedade, desmaios, ataques de pânico, torpor temporários e pseudo paralisia nos paciente mais ansiosos. A dor piora com a inspiração profunda e à leve palpação local.

O que causa a síndrome de Tietze?Não sabemos exatamente as causas da Síndrome de Tietze, porém muitas vezes resulta de um esforço físico, tosse repetida, espirros, vômitos, impactos no peito ou mesmo rir seguidamente .

Qual o diagnóstico diferencial?
Como os sintomas podem ser semelhantes é importante descartar um ataque cardíaco.

Dr. Marcos Britto da Silva
Ortopedista, Traumatologista e Médico do Esporte
Botafogo, Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Imagem: Wikipedia