quinta-feira, 18 de outubro de 2012

ANGOLA. MUITAS MORTES NOS HOSPITAIS DA HUÍLA


O Vigário paroquial da Sé Catedral do Lubango, padre Jonas Pacheco descreve  como sendo assustador e preocupante a taxa de mortalidade que se regista nos hospitais da província da Huíla.

http://www.apostolado-angola.org

“Esta a morrer muita gente nos hospitais da província da Huíla. É preciso fazer-se alguma coisa” – frisou.

De acordo com o sacerdote, “alguns médicos e enfermeiros dizem que as pessoas já vão ao hospital em estado terminal”.

Contrariamente, “também as pessoas dizem diariamente, às vezes há desleixo dos médicos, não estão lá, o enfermeiro não dá medicação a tempo” – afirmou.

O director provincial da saúde, Bernabé Lemos, reconhece existirem casos de negligência, em que os seus autores  têm sido responsabilizados disciplinarmente.

“Aqui a desculpa é que temos poucos técnicos, os técnicos estão sobrecarregados, isto é verdade, mas também dentre muitos técnicos há aqueles que por negligência ou mesmo por irresponsabilidade  abandonam os doentes, isto também tem acontecido” - reconheceu.