sábado, 6 de abril de 2013

Luanda. “Autoridades devem tomar medidas contra propagação do surto de Dengue”, alerta Secretário da UNITA para saúde




Luanda - O Secretário da UNITA para saúde, Maurílio Luiele chamou atenção das autoridades angolanas a tomarem medidas de combate e de prevenção contra a propagação do surto de Dengue no país.
Fonte: Radio Despertar
A preocupação do também profissional de saúde, que falava a semana passada na rádio despertar, decorre do facto de se estar a verificar nos últimos tempos aumento de casos febris tratados habitualmente como malária e sobre os quais recaem suspeitas de ser Dengue.

“Os médicos têm reparado que de entre esses casos têm surgido casos que evoluem com fébres, mas com gota espessa negativa e com diminuição de globos brancos”, disse o secretário da UNITA para a saúde, alertando que o país pode estar perante o surto de Dengue.

De acordo com o responsável, a doença de dengue é semelhante à malária no seu modo de transmissão, grande parte de sintomatologia, mas de teologia diferente, porque é provocada por vírus e tem a particularidade de ser de díficil tratamento.

“Não existe tratamento eficaz de Dengue, enquanto doença viral, os medicamentos usados geralmente para o alívio da fébre (…) devem ser manejados cuidadosamente, sob pena de precipitar uma forma hemorrágica da doença que é letal”, explicou o profissional, apelando as autoridades a tomarem medidas de luta anti-vectorial e evitar a propagação da doença.

Maurílio Luiele entende que as autoridades devem tomar medidas necessárias e urgentes quer para evitar a propagação da doença, como também para alertar o pessoal técnico de saúde e a população em geral, sobre o surto.

Outras medidas sugeridas pelo secretário da UNITA para a Saúde têm a ver com o saneamento básico de Luanda, que na opinião da nossa fonte, favorece a propagação da malária.

“Isso significa que nessa época, as medidas de combate contra o mosquito e a propagação da doença deviam ser reforçadas, mas nada disso se está a verificar”, lamentou o profissional.