SOS ONU. O TERROR GOVERNA LUANDA. banco millennium Angola, o crematório nazi. Fechar portas e janelas porque terríveis toneladas de fumo do gerador da morte horrível da engenharia criminosa dos tugas que tudo fazem para nos exterminarem para que consigam empregos. As crianças, bebés morrem cancerosas dos pulmões porque o ordens superiores o ordenou. Em Luanda sem matar não se pode facturar. Os tugas têm que nos matar em todos os apartamentos nos gasear. É na rua rei Katyavala em frente à Angop

quarta-feira, 6 de Abril de 2011

Falta de vitamina D pode causar problemas cardiovasculares


Investigadores da Emory/Georgia Tech Predictive Health Institute descobriram que a deficiência de vitamina D, mesmo em indivíduos saudáveis, provoca artérias mais rígidas e uma incapacidade de relaxar dos vasos sanguíneos. O resultado deste estudo vem reforçar a tese de que a vitamina D é fundamental para o bom funcionamento da saúde cardiovascular, sendo que a sua falta contribui para a hipertensão e elevação do risco de doenças cardiovasculares.

DIARIODIGITAL

Participaram da pesquisa 544 pessoas saudáveis com idade média de 47 anos. O nível médio de 25-hidroxivitamina D (uma forma estável da vitamina reflectindo a dieta bem como a produção na pele) no sangue dos participantes foi de 31,8 nanogramas por mililitro. Neste grupo, 14% tinham níveis de 25-hidroxivitamina D considerados deficientes ou com menos de 20 nanogramas por mililitro, e 33 por cento apresentaram níveis considerados insuficientes, a menos de 30 nanogramas por mililitro.
Foram analisados na pesquisa o fluxo sanguíneo dos pacientes, a capacidade de contracção e relaxamento dos vasos e a resistência dão fluxo imposta pela artéria. Mesmo após ajuste para factores como idade, peso e colesterol, as pessoas com menores níveis de vitamina D ainda tinham artérias mais rígidas e função vascular prejudicada.
«Descobrimos que as pessoas com deficiência de vitamina D apresentavam disfunção vascular comparável àqueles com diabetes ou hipertensão», segundo Al Mheid Ibar, autor da pesquisa.
Os participantes do estudo que aumentaram os seus níveis de vitamina D ao longo do estudo foram capazes de melhorar a saúde vascular e reduzir a pressão arterial.
A vitamina D pode ser encontrada em óleos de fígado de peixe e os peixes de água salgada, tais como as sardinhas, o arenque, o salmão e a sarda, e em ovos, a carne, leite e manteiga.
Imagem: revistadesafios.blogspot.com

Sem comentários:

Enviar um comentário