sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Furúnculo. Resumo sobre furúnculo





O furúnculo é uma infecção na pele causada por uma bactéria, o estafilococo. Ela pode se complicar, tornar-se crônica e se disseminar para outras regiões do corpo, sendo conhecido como carbúnculo ou antraz. 

http://www.criasaude.com.br/doencas/furunculo.html

O furúnculo é causado por uma infecção do folículo piloso. Essa condição pode ser desencadeada por fatores como imunossupressão, fricção constante da pele, pêlo encravado, depilação, etc. Isso leva a formação de uma região avermelhada que gradualmente desenvolve pus. Os sintomas incluem a vermelhidão, dor, formação de pústulas e, em casos graves, febre. Regiões comummente atingidas incluem rosto, costas, mãos, braços e orifícios naturais, como narinas, boca, orelhas, etc.
O diagnóstico é normalmente feito por exame clínico. O médico pode coletar material do furúnculo para analisar qual o agente causador e assim melhor tratar a doença. Complicações podem acontecer em alguns pacientes, sobretudo os imunodeprimidos, e em condições que os furúnculos se espalham pelo corpo, causando sepsis.
O tratamento depende da gravidade da doença. Em casos menos graves, lavagem do local e assepsia com solução de álcool e iodo são suficientes. Em outros casos, antibióticos são prescritos e cirurgia para remoção do furúnculo pode ser indicada. Cataplasma de sálvia e bulbo de lírio branco também podem ser eficazes na cura.
Como medidas preventias indica-se a higiene constante da pele, mas sem atrito e fricção. Use sempre roupas limpas, tome banhos constantemente e procure um profissional da saúde caso você tenha recorrências e agravações dos furúnculos.
Definição
O furúnculo é uma inflamação frequentemente caracterizado pela formação de pus e destruição do folículo pilossebáceo. Ele ocorre geralmente devido a uma infecção da pele causada por um germe chamado Staphylococcus aureus (estafilococo).

Recorde-se que a unidade pilossebácea é uma formação semelhante a uma bolsa no interior da pele. Ela inclui as glândulas sebáceas, o folículo capilar e o músculo arector do cabelo.
Se o furúnculo é formado na região dos cílios, ele é chamado de terçol.
Alguns especialistas classificam o furúnculo em dois tipos diferentes: abscesso e foliculite (ver abaixo). O abscesso geralmente é mais raro, mas mais grave e doloroso do que a foliculite.
Causas
A infestação da unidade pilossebácea por Staphylococcus aureus produz uma inflamação folicular ou foliculite. A formação de pus ou morte de determinadas células do folículo e derme circundante ocorre depois de cinco a dez dias. Estes materiais são eliminados como uma massa amarelada chamado pus. Este último pode ainda infectar porque contém o germe responsável pelo furúnculo.

A falta de higiene, a obstrução das glândulas sudoríparas, pêlos encravados, depilação, cera e atrito involuntário promovem a infecção.

Além disso, o diabetes, imunossupressão, excesso de peso, deficiência de ferro, a susceptibilidade a alergias e alcoolismo crônico nos torna mais vulneráveis ao estafilococo. O mesmo é verdade para o tempo de internação hospitalar e medicamentos como esteróides ou câncer. Além disso, a complicação parece ser favorecida por excesso de trabalho e choque emocional.
Deve-se saber que muitas vezes o estafilococo vive naturalmente na superfície da pele de nosso corpo, mas em algumas situações ele pode ser introduzido para dentro do nosso corpo e causar uma infecção.
Sintomas
Em casos de furúnculo, surge na pele, em torno de um pelo, uma protuberância vermelha, dura, quente e dolorida. Esta protuberância geralmente aparece repentinamente. Em alguns casos, o furúnculo pode ter o tamanho de uma bola de golfe.
Normalmente, após alguns dias, a cor da parte superior do furúnculo vai ficando gradualmente branca. Isto corresponde à formação de pus, que chamamos de pústula, que gradualmente amacia a lesão. O furúnculo frequentemente provoca dor.
Após a ruptura da lesão que descarrega pus, ainda há uma espécie de cratera vermelha.
A vermelhidão também pode estar presente como uma inflamação na pele que se encontra em torno do furúnculo.
Em alguns casos, a evolução de um furúnculo simples para na fase de vermelhidão. Neste caso, a recuperação é alcançada em poucos dias, sem passar pela fase de pústula.
O furúnculo, que pode ser único ou múltiplo, ocorre geralmente na face, pescoço, costas, coxas, pescoço, ombros e nádegas. Mas as axilas, a região do púbis e o ânus também podem ser afetados. Regiões contendo pelo e que estão sujeitas a atrito estão em maior risco para o desenvolvimento de furúnculos.
As formas mais graves se manifestam pela multiplicação dos furúnculos. Furunculose tende a se tornar crônica e durar meses. Quanto ao antraz, é constituído por um aglomerado de vários furúnculos. Caracteriza-se por um quadro violento e muito doloroso, com muitas pústulas. Estes sintomas são muitas vezes acompanhados de inchaço da face, glândulas, calafrios e febre.
Em casos avançados de furúnculo, a recuperação pode levar meses.
Furúnculos pequenos geralmente não deixam cicatrizes, mas os grandes muitas vezes deixam.
Diagnóstico
O médico irá facilmente reconhecer o furúnculo por uma simples observação da lesão. No entanto, ele irá questionar as circunstâncias de ocorrência e possivelmente pesquisar doenças subjacentes. Além disso, as recaídas frequentes e furunculose podem exigir amostras para identificar o organismo causador.
Complicações
Uma pessoa com um simples furúnculo se cura em poucos dias, com um tratamento adequado. Infelizmente, a lesão por vezes deixa uma cicatriz permanente.

Em pacientes com fatores de risco, esta condição pode se tornar crônica, isto é, tornar-se uma furunculose. Além disso, é provável que a infecção possa se generalizar (por exemplo, sépsis por estafilococos) e complicações desse tipo são geralmente fatais.

Você deve saber que o furúnculo localizado em áreas específicas do corpo pode causar coágulos sanguíneos que podem bloquear as veias do cérebro, sendo, portanto, mortal. O furúnculo é a única infecção da pele que fica em torno dos orifícios naturais, como a boca, orelhas, ânus e especialmente o nariz.
Tratamentos
Na fase de uma simples vermelhidão da pele, o tratamento é limpar sem esfregar a lesão com um anti-séptico e tampar com uma gaze.

Pus pode ser drenado assim que o furúnculo amacia e forma pústula. Em caso de dúvida, deve consultar um médico para evitar complicações.

Os antibióticos são prescritos profissionais de saúde se a lesão está localizada em áreas de risco. Este também é o caso de pacientes que estão expostos a fatores de vulnerabilidade, tais como diabetes, imunossupressão ou que tomam certos medicamentos.

Recaídas freqüentes ou furunculose exigem amostras para identificar o organismo causador.

Formas complicadas requerem tratamento de drogas intravenosas ou excisão cirúrgica no hospital.
Fitoterapia
O furúnculo na fase inicial pode ser tratado com o álcool iodado, raspagem seguido de uma cataplasma de sálvia. Este último é facilmente obtida por colocar em um litro de água fervente três colheres de sopa de folhas de sálvia. Esta decocção é aplicada quente à lesão.

Você pode aplicar uma compressa quente por dia durante cinco minutos sobre a pele infectada. Isto irá eliminar espontaneamente o pus e aliviar a dor.

A aplicação de bulbo lírio branco cozido sobre a ferida também ajuda a se livrar de furúnculos. Isso deve ser renovado a cada seis horas.
Dicas
Você pode evitar a multiplicação e complicação do furúnculo de acordo com as seguintes recomendações:

- Evite manipulação da lesão, particularmente no ponto em que o botão é ainda firme

- Tomar banho diariamente, de preferência com um sabonete antibacteriano
- Para "amadurecer" o furúnculo, principalmente para acelerar a formação de pus, você pode molhá-lo com compressas úmidas por 10 minutos várias vezes ao dia (por exemplo, 6 vezes).
Você pode usar água morna e sal, como por exemplo: 1 colher de chá de sal em 250 ml de água quente. Em seguida, mergulhar a compressa na água salgada e aplicar diretamente no furúnculo.
- Use roupas de preferência largas e limpas. Mudar com mais freqüência e evitar emprestar nem pedir emprestado os dos outros

- Lave as roupas a alta temperatura

- Realizar a lavagem frequente das mãos, especialmente após tocar em feridas

- Informe o seu médico se suas atividades de trabalho exige que você manipular alimentos

Consulte o seu médico imediatamente se:

- O furúnculo é localizado sob o nariz, ou em torno dos orifícios naturais

- Você tem febre

- Você apresenta recaída

- O furúnculo se multiplica o seu tamanho cresce

- A lesão persiste ou a dor oprime você

- Você está exposto a fatores de risco como diabetes, imunossupressão, obesidade ou tratamento especial

Se você quiser evitar ser afetado pelo furúnculo:

- Não toque na área infectada

- Proteja as suas lesões de pele tais como úlceras, feridas e eczema

- Faça lavagem diária de suas mãos

- Proteja a sua pele contra a maceração e fricção

- Use roupas de cama limpas.
http://www.criasaude.com.br/data/dataimages/Upload/btn-author.gifObservação da redação: este artigo foi modificado em 20.11.2014.