Por favor salvem esta menina. Apelo de Viana. Angola. Filha de 5 anos de idade que acerca de 2 anos está doente com Neoplasia Vesical (um tumor maligno na zona genital). O pouco que cada um pode dar já é muito para quem precisa, não precisamos ter muito para ajudar. Se cada um de nós depositar um pouco podemos ajudar a salvar a vida dessa menina. Quem puder ajudar pode depositar na conta: 000005001760033 ou IBAN A006.0034.0000.0500.1760.0334.1 de Lidia Manuel no banco Millenium

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Sete mortes após longa espera por cuidados nas urgências





Já são, pelo menos, sete as pessoas que, desde o Natal, morreram nas urgências de hospitais, após várias horas de espera. Ordem diz que os médicos não podem fazer "milagres". Maioria dos casos está a acontecer no Sul

INÊS SCHRECK
http://www.jn.pt 

Nos últimos dias, ocorreram mais duas mortes após espera prolongada em serviços de urgência.
Há precisamente uma semana, Manuel Regueira, de 92 anos, morreu no Hospital de Santarém depois de, segundo o filho, ter permanecido na urgência quatro horas sem assistência médica (ler texto em baixo). Na sexta-feira, Maria Vitória Forte, 89 anos, aguardou nove horas para ser observada na urgência do Hospital Garcia de Orta, em Almada. O seu estado de saúde agravou-se e acabou por morrer na madrugada de sábado, noticiou o Diário de Notícias.
É a segunda morte no espaço de uma semana no Hospital Garcia de Orta. A administração informou, em comunicado, que está a investigar o sucedido. Adiantou, porém, que numa análise sumária e preliminar "não foram detetadas quaisquer inconformidades no serviço prestado à senhora Maria Vitória, nem terá ocorrido qualquer situação anómala nos cuidados prestados". E remeteu mais declarações para quando a investigação estiver concluída.