segunda-feira, 26 de março de 2012

Mosca negra causa cegueira à população em Manica



Os distritos de Guro e Tambara, Macossa e Sussundenga são os mais afectados

Manica (Canalmoz) – Nos distritos de Guro e Tambara, Macossa e Sussundenga, a norte e centro da província de Manica, a mosca negra está a causar doenças diversas à população local, com destaque para a cegueira e elefantíase (filariese linfática). As principais vítimas são as populações vulneráveis sem acesso a serviços de saúde minimamente aceitáveis.
“Estima-se que um total de 490.579 pessoas de diferentes idades nos distritos de Guro e Tambara estejam infectadas pelas doenças de cegueira e elefantíase, devido à picada da mosca negra que abunda nas regiões quentes e nas margens do rio Zambeze nesta província”, afirmou Ben Lauro, chefe do departamento da Saúde Pública em Manica.
Referiu que a vacinação tem sido a prevenção encontrada para baixar os níveis de propagação das doenças causadas pela mosca negra.
Em Fevereiro último, cerca de 80% da população das zonas mais afectada pela mosca negra, beneficiou de vacinação contra as doenças causadas pela picada da mosca. “A campanha não abrangia mulheres grávidas e crianças com menos de 0 a 5 anos de idade”. (José Jeco)
Imagem: Moçambique: 70 mil pessoas afectadas por mosca negra. Imprimir
mafrahoje.pt