sexta-feira, 28 de março de 2014

Guiné Conacri garante ter contido surto do vírus Ébola




Está em vigor a proibição de comer morcegos e outros animais de floresta na Guiné Conacri. As autoridades anunciaram ter contido o surto do mortífero e contagioso vírus Ébola.

http://pt.euronews.com

De acordo com os Médicos Sem Fronteiras, desde de terça-feira, houve apenas mais dois casos suspeitos, passando de 86 para 88. Mas 63 pessoas já morreram.
“Os guineenses devem ter em conta a prevenção. Isso significa, em primeiro lugar, não comer todo o tipo de roedores que podem transmitir a doença. Quero dizer cútis, ratos, morcegos, carne crua de macaco, que infelizmente ainda é consumida na floresta”, afirma Mamadou Saliou Bah, diretor do laboratório Alemão-Guineense em Conacri.
Todo o cuidado é pouco, países não atingidos, como a Costa do Marfim, encontram-se em alerta. Estão em curso campanhas de sensibilização
“É uma ameaça real e estou verdadeiramente assustado. Gostaria que os peritos em saúde se unissem para encontrar uma maneira de acabar com esta ameaça”, diz este estudante de Abidjan.
O vírus começa inicialmente por provocar febre, dores de cabeça e musculares, conjuntivite e fraqueza, seguem-se vómitos diarreia e hemorragias. Depois, na maioria dos caos, surge a morte.