sábado, 7 de junho de 2014

Seu cinismo pode estar afetando seu cérebro irremediavelmente


Segundo um novo estudo da Universidade da Finlândia Oriental, em Kuopio (Finlândia), pessoas muito cínicas são mais propensas a desenvolver demência.

http://hypescience.com

Demência é a perda de funções cerebrais como memória e raciocínio. A doença de Alzheimer é um dos tipos mais comuns de demência.
Já a desconfiança cínica é a crença de que os outros são motivados principalmente por preocupações egoístas.
O cinismo já foi associado a outros problemas de saúde em estudos anteriores, como doenças do coração, por exemplo. De acordo com Anna-Maija Tolppanen, uma das autoras da nova pesquisa, os resultados só confirmam ainda mais que a visão das pessoas sobre a vida e sua personalidade podem ter um impacto sobre a sua saúde.
“Entender como um traço de personalidade como cinismo afeta o risco de demência pode nos fornecer informações importantes sobre a forma de reduzir os riscos de demência”, diz.
O estudo
1.449 pessoas com uma média de 71 anos participaram do estudo. Os pesquisadores analisaram seus níveis de demência e de cinismo.
Para medir o cinismo das pessoas, os cientistas usaram um questionário confiável que continha frases do tipo “Acredito que a maioria das pessoas mente para se dar bem” e “É mais seguro não confiar em ninguém”. De acordo com os pesquisadores, o resultado do questionário, ou seja, o nível de cinismo das pessoas, tende a se manter constante ao longo dos anos.
622 participantes completaram dois testes para demência, sendo que o último foi feito em média oito anos após o estudo ter começado. Durante esse período, 46 pessoas foram diagnosticadas com demência.
Levando em conta outros fatores de risco para demência, como pressão arterial alta, colesterol elevado e tabagismo, ainda assim as pessoas mais cínicas foram três vezes mais propensas a desenvolver demência do que as pessoas com pouca desconfiança cínica. Das 164 pessoas com níveis elevados de cinismo, 14 desenvolveram demência, em comparação com 9 das 212 pessoas com baixos níveis de cinismo.
A pesquisa também analisou se o cinismo afeta o risco de morte prematura, mas não encontrou nenhuma ligação entre altos níveis de desconfiança cínica e morte mais cedo na vida. [Science20]