Por favor salvem esta menina. Apelo de Viana. Angola. Filha de 5 anos de idade que acerca de 2 anos está doente com Neoplasia Vesical (um tumor maligno na zona genital). O pouco que cada um pode dar já é muito para quem precisa, não precisamos ter muito para ajudar. Se cada um de nós depositar um pouco podemos ajudar a salvar a vida dessa menina. Quem puder ajudar pode depositar na conta: 000005001760033 ou IBAN A006.0034.0000.0500.1760.0334.1 de Lidia Manuel no banco Millenium

quinta-feira, 3 de abril de 2014

TOP 5 – Cinco doenças que vitimaram milhões de pessoas na história


O Futurando mostrou que cientistas estudam morcegos para evitar que males como o ébola sejam transmitidos de animais para homens. Conheça algumas doenças que dizimaram populações através da história.

http://www.dw.de

1. Tuberculose
A tuberculose é uma doença grave, infecciosa, transmitida pelo ar. É causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis (também conhecida como bacilo de Koch). Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a tuberculose matou mais de 1,4 milhão de pessoas só no ano de 2011 e quase 9 milhões de pessoas foram infectadas neste mesmo ano. Apesar disso, a tuberculose tem tratamento e cura. São seis meses de tratamento, o que dificulta o processo. A doença é identificada principalmente em regiões mais pobres e é apontada por especialistas como um "mal social". A enfermidade também se manifesta comumente em portadores do vírus da AIDS. De acordo com a OMS, um terço da população está infectada com o vírus da tuberculose, mas apenas alguns irão manifestar a doença.
2. Varíola
A varíola é uma doença contagiosa, causada pelo orthopoxvirus. De acordo com a OMS, o vírus já existe há pelo menos 3 mil anos. Cicatrizes causadas pela doença foram encontradas no rosto da múmia do faraó Ramsés 2°. A doença foi uma das mais temidas no mundo até a sua efetiva erradicação, em 1979. Dados da OMS mostram que o último caso por contágio natural aconteceu na Somália em 1977. Apesar do vírus não estar mais em circulação, a varíola está constantemente em debate. Amostras da enfermidade estão armazenadas nos Estados Unidos e na Rússia, e autoridades temem que o vírus seja usado como uma arma biológica. A varíola ainda não tem cura, e a vacinação é a única forma de prevenção. No entanto, a vacina pode ser letal quando aplicada em pessoas de saúde frágil. Em 1904, Oswaldo Cruz propôs uma lei pela qual todas as pessoas seriam obrigadas a tomar a vacina contra varíola, e este foi o motivo da Revolta da Vacina.
3. Malária
A malária é comumente encontrada em países de clima tropical e subtropical, transmitida por meio de picadas de mosquitos. É causada por um parasita chamado Plasmodium. De acordo com um relatório da OMS, em 2010 a doença causou cerca de 665 mil mortes, a maioria, entre crianças africanas. O estudo mostra que foram 216 milhões de casos neste mesmo ano. O Brasil também sofre com o mal. A maioria dos casos acontece na região da Amazônia. Em 2012, 12 casos foram registrados na Vila Vila de Itatinga, em Bertioga, no litoral de São Paulo.
4. Peste Bubônica
Segundo a Fundação Oswaldo Cruz, a doença, também conhecida como peste negra, dizimou um quarto da população europeia, 25 milhões de pessoas, no século 14. A peste, causada pela bactéria Yersinia pestis, é transmitida por pulgas de animais contaminados, e existem casos até hoje. No entanto, atualmente o tratamento é eficaz, e a doença não faz tantas vítimas. Em 2012, dois casos foram registrados nos Estados Unidos.
5. Aids
Países africanos possuem índices altos de portadores de HIV
A síndrome da imunodeficiência adquirida (HIV), também chamada de AIDS, é uma epidemia mundial. Os primeiros casos apareceram nos anos 80. No Brasil, segundo dados da Fio Cruz, são registrados anualmente mais de 30 mil novos casos de HIV. De acordo com a OMS, mais de 25 milhões de pessoas morreram de AIDS nos últimos 30 anos. Há aproximadamente 34 milhões de pessoas contaminadas pelo HIV no mundo. Na África Subsaariana, um em cada 20 adultos é portador da doença. Ainda não existe um cura para a AIDS, mas as pesquisas na área estão avançadas. Recentemente foi publicada uma pesquisa sobre uma vacina contra o HIV.