terça-feira, 26 de agosto de 2014

Luís Bernardino deixa o corpo docente da faculdade de medicina da universidade de Angola






Deverão poder contar-se pelos dedos das mãos os angolanos (figuras públicas) que nos mereçam prolongadas vénias de profundo respeito por terem conduzido as suas vidas de maneira genuinamente altruísta, resistindo heroicamente à tentação do ... LUIS BERNARDINO DEIXA O CORPO DOCENTE DA FACULDADE
DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE ANGOLA

O meu velho amigo Luís Manuel Mendonça de Oliveira Bernardino, médico pediatra de referência em Angola, desvinculou-se recentemente do quadro de pessoal docente da Universidade Agostinho Neto, para efeitos de reforma. O médico e académico era até à data Professor Titular da Faculdade de Medicina.

Um ser humano de excelência, um verdadeiro missionário no exercício da medicina, Luís Bernardino é oriundo de uma família de prestígio da província do Huambo, em cuja capital nasceu há 77 anos. Para não cumprir serviço militar no exército português contra os nacionalistas angolanos, exilou-se em Paris depois de licenciado e posteriormente no Reino Unido, tendo voltado a Angola após o 25 de Abril e exercido a sua especialidade como pediatra desde 1974, em Luanda.

Luís Bernardino licenciou-se em medicina em Portugal, tendo depois trabalhado na Argélia por quatro anos e depois no Reino Unido durante seis anos. Em 1972, em Londres, recebeu um diploma do Royal College of Physicians e tornou-se membro do Royal College of Surgeons. Em 1973, recebeu o Diploma de Saúde Infantil, em Glasgow, Escócia.

Em Setembro de 2013, foi a seu pedido exonerado do cargo de Director-Geral do Hospital Pediátrico de Luanda, que edificou com entusiasmo e dirigiu desde 1978.

De lembrar que a 4 de Dezembro de 1992, o seu irmão David Bernardino, também médico e que desenvolveu importantes pesquisas sobre o crescimento de casos de bócio entre a população do interior - um aumento do volume da glândula tireoide e que é causado pela falta de sal mineral e iodo no organismo - foi assassinado a tiro à saída duma consulta médica no seu Centro de Saúde na cidade do Huambo. Em homenagem ao mesmo, as autoridades deram o seu nome ao Hospital Pediátrico de Luanda, dirigido por Luis Bernardino.

In Central Angola partilhou a foto de Telmo Vaz Pereira. Facebook