sábado, 28 de março de 2009

Violação sexual


Itália. Encerravam-na num quarto sem luz. Violada durante 25 anos pelo seu pai e pelo seu irmão.

Dpa. Roma
Actualizado sexta-feira 27/03/2009 12:55 horas

Uma mulher de Turim que actualmente tem 34 anos suportou durante 25 anos abusos sexuais do seu pai e do seu irmão, segundo informa a mídia italiana.

Quando tinha nove anos, a vítima foi encerrada numa habitação sem luz eléctrica. Então seu pai a violou pela primeira vez. Mais tarde o filho também, seu irmão, hoje com 41 anos. O irmão da vítima também abusou reiteradamente das suas quatro filhas, de idades compreendidas entre seis e 20 anos.

A tentativa de fuga da jovem em 1994 fracassou, segundo relata o diário turinês 'La Stampa'. O seu pai acompanhou-a à polícia onde interpôs uma queixa por violação sexual, mas contra o seu tio. Um psicólogo da polícia descartou então as acusações por considerá-las não credíveis e o caso ficou arquivado.

Em Outubro passado, a vítima acudiu de novo à esquadra da polícia acompanhada pelo seu pai. Desta vez denunciou o seu irmão, que se encontra desde então encarcerado, por presumível violação. Finalmente pelas investigações dos agentes supõe-se que também o pai abusou da sua filha durante anos.

Ambos se encontram agora no cárcere e as cinco vítimas de violação recebem ajuda psicológica.

EL MUNDO