domingo, 13 de setembro de 2009

7 Pensamentos de Carl Jung


7 Pensamentos de Carl Jung
Erros são, no final das contas, fundamentos da verdade. Se um homem não sabe o que uma coisa é, já é um avanço do conhecimento saber o que ela não é.

Onde o amor impera, não há desejo de poder; e onde o poder predomina, há falta de amor. Um é a sombra do outro.

Todos nós nascemos originais e morremos cópias.

O ego é dotado de um poder, de uma força criativa, conquista tardia da humanidade, a que chamamos vontade.

Quando pensamos, fazêmo-lo com o fim de julgar ou chegar a uma conclusão; quando sentimos, é para atribuir um valor pessoal a qualquer coisa que fazemos.

Uns sapatos que ficam bem numa pessoa são pequenos para uma outra; não existe uma receita para a vida que sirva para todos.

Os sonhos são as manifestações não falsificadas da atividade criativa inconsciente.

(Desculpem, mas não sei qual é o URL deste texto)
Imagem: http://alemmarpeixevoador.blogspot.com/