terça-feira, 22 de março de 2011

Os riscos da gordura localizada


Muitos já ouviram, pelo menos uma vez, que a gordura acumulada no abdômen era a mais perigosa, aquela que mais trazia riscos para o corpo. Contudo, uma pesquisa da Universidade de Cambridge, determinou que qualquer excesso de gordura, concentrado em qualquer parte do corpo, faz tão mal para a saúde quanto os “pneuzinhos”. Ter um alto índice de gordura corporal pode trazer riscos para o seu coração tanto quanto a gordura localizada na barriga.

Os cientistas analisaram informações sobre saúde de 58 estudos anteriores, incluindo 221.934 pessoas que foram monitoradas por 10 anos ou mais. Ao final do estudo, 14.297 participantes tiveram um ataque cardíaco ou um derrame. Foi determinado que a circunferência da cintura, a proporção entre cintura e quadril e o índice de gordura corporal tiveram papeis similares no risco da pessoa desenvolver problemas no coração.

“Este estudo mostrou que a gordura da barriga é como qualquer outra gordura quando se analisa os riscos de doenças no coração. Se você carrega peso na cintura ou em qualquer outro lugar, não importa. Faz mal de qualquer jeito”, disse a pesquisadora Emanuele Di Angelantonio.

A professora de epidemiologia, Rachel Huxley, da Universidade de Minnesota, escreveu um editorial para acompanhar a publicação do estudo de Cambridge. Contudo, ela diz que ter o corpo em forma de maça ainda é pior do que o corpo em forma de pêra. Alguns estudos mostram que a “barriguinha” está mais associada a problemas de metabolismo, como resistência a insulina e diabetes tipo 2, do que a gordura localizada em outras partes do corpo.

O endocrinologista Michael Jenson explica que, quando as pessoas engordam nas coxas, novas células de gordura são criadas e funcionam normalmente. Mas, quando elas engordam na barriga, as células de gordura existente se expandem e perdem a habilidade de armazenamento e perda.

Uma explicação possível para o estudo da equipe de Emanuele e as opiniões diversas é que a circunferência da cintura e proporção entre cintura e quadril pode ser calculada de maneiras diferentes em cada estudo, enquanto o índice de massa corporal é calculado de maneira universal. Mesmo assim, “ter controle do tamanho de sua cintura é uma boa maneira de cuidar da saúde”, disse Jenson. “As pessoas podem ter medo da balança, mas eles têm que vestir calças todos os dias”. [MSNBC]

http://hypescience.com/os-riscos-da-gordura-localizada/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

Hypescience