quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Familiares de menor acusam H.A.Boavida (em Luanda) de negligência médica


Um cidadão está a acusar a equipa de médicos do hospital Américo Boavida de negligência. Segundo o referido cidadão, o comportamento dos médicos daquele hospital pôs em risco de amputação à perna do seu filho.

Terça, 03 Agosto 2010 09:39 Helder Luandino RÁDIO ECCLESIA

Os médicos admitem ter falhado mas não movem um dedo para ajudar o menino que agora poderá ver impossibilitado o seu desejo de jogar futebol com outros petizes do seu bairro.
O Adão Tiago foi chamado pelo pai do rapaz que se encontrava junto a entrada do hospital e ali mesmo entabularam uma conversa que terminou no interior do Américo Boavida.

Já a seguir a rubrica "conheça a lei e resolva o seu problema" com o Adão Tiago.

Mais um caso eventual de negligência médica. Infelizmente o silêncio da equipa médica e do Hospital no seu todo, retira a possibilidade dos ouvintes conhecerem também a versão deles.

Como ouvimos na peça, não faltou interesse da parte da nossa equipa de reportagem. Foram feitos os contactos possíveis, que não resultaram.

Esperamos muito sinceramente que a Direcção do Hospital Américo Boavida se pronuncie para que possamos compreender bem as partes envolvidas.