terça-feira, 3 de maio de 2011

Batida do coração poderá ser usada para recarregar aparelhos eletrônicos


Algum dia, o simples movimento dos seus dedos – ou até mesmo do seu coração! – será o suficiente para fornecer toda a energia necessária para recarregar seu celular. Pelo menos essa é a promessa realizada por pesquisadores que dizem ter desenvolvido o primeiro nanogerador comercialmente viável.

O nanogerador é na verdade um chip flexível contendo milhões de nanofios de óxido de zinco. O importante sobre esses fios é que, quando você os flexiona, eles criam um pouco de corrente elétrica. Esse fenômeno, conhecido como efeito piezoelétrico, foi descoberto há mais de um século e desempenha um papel essencial em muitos dispositivos eletrônicos.

Imagine que fosse possível arrumar milhões de nanofios de geração de energia, dentro de camadas de material polímero, de tal forma que você pudesse flexioná-los da maneira correta a fim de captar e combinar a eletricidade. É nisso é que Zhong Lin Wang e seus colegas, do Instituto de Tecnologia da Geórgia, Estados Unidos, têm trabalhado nos últimos seis anos.

Os chips mais recentes do protótipo têm o tamanho aproximado de um quarto de um selo postal. Quando cinco desses chips são empilhados uns em cima dos outros como um sanduíche, é possível produzir uma voltagem equivalente à tensão de duas pilhas AA. Para isso, basta apertar os chips com os dedos. Essa potência é suficiente para iluminar uma lâmpada LED ou um visor de cristal líquido de uma calculadora ou de um computador.

“Enquanto alguns volts pode não parecer muito (no caso, são produzidos 3 volts), nanofios adicionais e mais nanogeneratores, empilhados juntos, poderiam produzir energia suficiente para carregar a bateria da maior parte de aparelhos eletrônicos como um iPod ou um telefone celular”, explica Wang.

Durante a apresentação do protótipo, Wang disse que o mais recente dispositivo possui milhares de vezes mais potência e 150 vezes mais tensão do que as primeiras tentativas de protótipo.

“Essa evolução representa um marco para a produção de eletrônicos portáteis que podem ser alimentados por movimentos do corpo sem o uso de baterias ou tomadas elétricas”, comenta. “Os nanogeradores estão prestes a mudar a vida no futuro. Seu potencial é limitado apenas pela nossa imaginação”, projeta.

Wang ainda aponta para a possibilidade de nanogeneratores piezoelétricos poderem ser colocados na sola de seus sapatos para ligar aparelhos eletrônicos ou até mesmo implantados dentro do corpo, usando a energia do seu coração para manter uma bomba de insulina funcionando, por exemplo. Eles também poderiam ser incorporados aos pneus de automóveis para produzir eletricidade extra aos acessórios de seu carro.

Porém, ainda há um caminho relativamente longo pela frente. Wang e sua equipe ainda precisam encontrar uma maneira de tornar ainda mais eficaz na produção de energia e depois firmar parceria com alguma empresa que tenho interesse em produzir os dispositivos comercialmente. Wang estima que o primeiro nanogerador estará disponível no mercado dentro dos próximos três a cinco anos.

[CosmicLogMSN]

http://hypescience.com/batida-do-coracao-podera-ser-usada-para-recarregar-aparelhos-eletronicos/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+feedburner%2Fxgpv+%28HypeScience%29

Hypescience