terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Ser dona(o) de casa pode matar você


Lembra que sua esposa lhe disse que não ia matar lavar a louça, ou varrer uma calçada, de vez em quando? Pois uma nova pesquisa diz o contrario. Ficar preocupado com tarefas domésticas, como limpar a casa, levar o carro à oficina e pagar contas, pode ser ruim para o coração.

Segundo os pesquisadores, não é o trabalho em si, mas o estresse em lidar com ele que causa o dano.

Mais de 100 homens e mulheres que trabalhavam em tempo integral participaram do estudo. Cada um deles forneceu detalhes sobre quantas horas trabalhavam, e qual o nível de responsabilidade que assumiam para o funcionamento da casa.

Em seguida, foram submetidos a verificações regulares da pressão arterial em uma clínica local por um período de três semanas, antes de finalmente usar um monitor de pressão arterial por um dia para acompanhar as mudanças no trabalho e em casa.

Aqueles que eram responsáveis pela maior parte das tarefas domésticas tinham pressão arterial significativamente maior do que os que deixavam o trabalho para seus parceiros. As famílias mais pobres tinham maior probabilidade de serem afetadas.

A ligação mais forte com pressão arterial alta vem de preocupações de como conseguir fazer tarefas domésticas como cozinhar, limpar e fazer compras. Em seguida, veio o estresse de manutenção e reparação de automóveis, pagar as contas e manter o orçamento doméstico. Cuidar de crianças ou animais de estimação não teve efeitos negativos sobre a pressão arterial.

A Organização Mundial de Saúde estima que 50% de todos os ataques cardíacos e derrames cerebrais são devido à pressão arterial elevada. Quanto mais alta é a pressão, maior é a força exercida pelo sangue nas paredes das artérias quando o coração bate.

As diretrizes clínicas sobre o limite ideal para a pressão arterial sistólica é 140 mmHg, e para a pressão diastólica 90mmHg. Sistólica é a pressão no interior das artérias quando o coração está forçando o sangue através delas, e diastólica é a pressão quando o coração relaxa.

Na pesquisa, os afazeres domésticos aumentaram a pressão sistólica das pessoas em até 4.4mmHg. O cuidado com reparos de casa ou do carro aumentou 2.64mmHg, e pagar as contas aumentou 1,66 mmHg.

Em um relatório sobre os resultados, os pesquisadores notaram que a responsabilidade que as pessoas sentiam que tinham que ter, em vez do tempo gasto para fazer as tarefas, era o fator mais estressante. [Telegraph]

http://hypescience.com/sim-ser-responsavel-pelas-tarefas-domesticas-pode-matar-voce/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE