sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Técnicos de saúde em Benguela há mais de um ano sem salário


Benguela – Admitidos na função pública por concurso público e outros provenientes do acordo de paz do Luena, doze técnicos de saúde no Município do Caimbambo, província de Benguela não recebem os seus salários a mais de um ano.

Fonte: Club-k.net

De acordo com o chefe de recursos humanos de direcção provincial de saúde nesta localidade, Américo dos Santos que falou a media local, a “situação ultrapassa as capacidades do seu organismo, e o assunto já foi remetido a governo da província e as finanças que até ao momento não resolveram. “Não prometo quando mas continuaremos apelar a sensibilidade dos nossos superiores pois a situação é grave para os funcionários que pretendem abandonar o Hospital, pois a população que necessita dos seus préstimos”.

Salienta-se que os problemas de atrasos de salários na função pública em Benguela é crónico com o sector da Educação a liderar pois há professores que não receberam os seus ordenados de Dezembro e o décimo terceiro do ano passado. Tudo sobre o olhar tranquilo do Governador Armando da Cruz Neto e os seus pares.

“Como se exigirá as empresas privadas quanto ao pagamento pontual e regular dos salários quando a própria administração pública tem sido um mau exemplo”, interrogou-se um benguelense.