Com a conivência do re­gime, os vampiros con­tinuam a sugar o sangue dos angolanos. António Roque, (português) direc­tor técnico da empresa Damer Gráficas, propriedade do Grupo Media Nova, inaugurada ofi­cialmente a 13 de Novembro de 2008 pelo então ministro da In­dústria, Joaquim David. António Roque é bem claro quan­do, no seu facebook, diz: “COMIGO TUDO EM FORMA, EMBORA NESTA TERRA DE PRETOS. MAS A MALTA RE­SISTE” In FOLHA8

quarta-feira, 15 de Setembro de 2010

Homens têm maior probabilidade de declínio de memória


Segundo um novo estudo, homens são mais suscetíveis a problemas de memória na velhice do que as mulheres.

Os pesquisadores entrevistaram 2.050 pessoas com idade entre 70 e 89 anos sobre a sua memória e sua história médica. Eles também testaram a memória e as habilidades de pensamento dos participantes.

Os investigadores descobriram que o prejuízo cognitivo suave é 1,5 vezes mais comum em homens do que mulheres. O prejuízo cognitivo suave é uma condição na qual as pessoas têm problemas com memória ou pensamento além do causado normalmente pelo envelhecimento, e que pode levar à doença de Alzheimer.

Se estes resultados forem confirmados em outros estudos, podem indicar que fatores relacionados a gênero desempenham um papel na doença. Por exemplo, os homens podem experimentar o declínio cognitivo mais cedo na vida, mas de forma mais gradual, ao passo que as mulheres podem passar da memória normal diretamente para a demência mais tarde.

Quase 14% dos indivíduos testados na pesquisa apresentaram déficit cognitivo leve. Outros 10% tinham demência, uma perda da função cognitiva mais frequentemente causada pela doença de Alzheimer. Quando divididos por gênero, 19% dos homens tinham comprometimento cognitivo leve em comparação com 14% das mulheres.

Os participantes do estudo com baixa escolaridade e aqueles que nunca foram casados apresentaram maior taxa de comprometimento cognitivo leve. Além de descobrir uma disparidade entre homens e mulheres no quesito memória, os pesquisadores constataram que quase um quarto dos idosos tem problemas de memória e demência, o que destaca a necessidade de novos tratamentos. [LiveScience]

http://hypescience.com/homens-tem-mais-probabilidade-de-declinio-de-memoria/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE

Sem comentários:

Enviar um comentário