quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Água benta contra a gripe A


Reuters Roma ELMUNDO.ES

Actualizado quinta-feira 12/11/2009 01:37 horas

Luciano Marabese, um inventor italiano, criou uma peculiar fórmula para evitar o contágio da temida gripe A nas igrejas. Combinando fé e engenho, Marabese instalou numa igreja de Fornaci di Briosco – ao Norte da Itália – um dispensador electrónico de água benta.

O invento, similar a um dispensador de sabão dos banhos públicos, teve uma boa recepção entre os paroquianos da igreja pioneira na introdução do invento. "No princípio reagiram com surpresa ante tal inovação, mas o novo dispensador foi recebido com entusiasmo e alegria", comenta o pároco Pierangelo Motta.

Muitos italianos começaram a não submergir as mãos em fontes comunais por temor a contrair a gripe A. Incluso algumas igrejas italianas, como a catedral de Milão, suspenderam temporariamente o uso das pias de água benta. Com o singular invento de Marabese, o quotidiano sinal da cruz que fazem os paroquianos ao entrarem e saírem do templo não suporá um risco de contágio.

"É genial, assim não nos preocuparemos mais pela gripe porcina, é o adequado aos tempos que correm", diz Marta Cainm, uma habitual paroquiana. Luciano Marabese, o bendito inventor, já pensa na expansão internacional: "Recebi pedidos de todo o mundo"
MUNDO