quarta-feira, 6 de maio de 2009

Cuidados Gerais nas Doenças do Esôfago e Estômago


(Gastrite, úlceras, Hérnia de Hiato, Azia ...)

Segue uma lista de alimentos e preparações que são reconhecidamente nocivos e, portanto, devem ser evitados:
Pimentas e condimentos picantes (cravo da índia, noz moscada, mostarda)
Embutidos (salsicha, presunto, salame, etc)
Carne de porco
Carnes gordas
Leite integral, queijos amarelos, iogurte integral,...
Gorduras animais, maionese, excesso de óleo nas preparações ou similares
Frituras em geral
Sucos artificiais
Bebidas alcoólicas
Preparações gordurosas e "pesadas" (feijoada, rabada, dobradinha, mocotó)
Café, chá mate ou preto e chimarrão
Chocolate ou bebidas achocolatadas
Bebidas gasosas e refrigerantes
Caldo de carne ou frango em tabletes ou molhos industrializados
Produtos em conserva ou enlatados

Observar a tolerância individual aos alimentos abaixo relacionados:
Frutas

Laranja, Limão, Abacaxi, Maracujá

Em caso afirmativo, Evite!

Outros Alimentos

Pães frescos

Obs: Em caso afirmativo, substitua por biscoito tipo água e sal ou torradas.

Verduras em geral

Recomendações:
A conduta atual para o tratamento dos problemas digestivos baseia-se na tolerância individual a cada alimento. A lista acima apresenta alimentos e preparações "clássicos" que prejudicam ou aumentam o problema;
Diminua o volume das refeições e aumente a freqüência, isto é, faça entre 5 a 6 pequenas refeições ao dia;
Em crise, evite verduras fibrosas cruas, se necessário cozinhe bem, utilizando pouca água e evitando os refogados;
Coma devagar, mastigue bem, saboreando os alimentos;
Não fume. O fumo é extremamente nocivo e pode desencadear crises digestivas;
Tome água ou outros líquidos nos intervalos das refeições. A ingestão de líquidos junto com as refeições é desaconselhada. Evite;
Cuidado com o leite e derivados. O leite causa alívio temporário dos sintomas, mas tem "efeito rebote" ao estimular a produção dos ácidos gástricos, causando aumento dos sintomas;

Faça testes com os alimentos, de preferência um de cada vez. Muitos alimentos irritam tanto a mucosa gástrica como o esôfago. Para alguns pacientes causam dor, queimação ou outro sintoma. A tolerância é muito individual. Muitos pacientes toleram determinados alimentos enquanto que outros não. Observe!

http://littleitaly.fortunecity.com/siena/259/gastrite.htm