Senhor Presidente da República, Engº, José Eduardo dos Santos. 15 Jovens estão presos sob a acusação de golpe de estado. Contra 15 pobres-diabos, é impossível que se faça tal acusação. Como mais alto magistrado da Nação, por favor ordene a sua libertação.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Antibióticos naturais


COMER É O MELHOR REMÉDIO

A feira vale uma farmácia: muitos alimentos funcionam bem no combate a bactérias e vírus, curando infecções. Quando incorporados à dieta, esses antibióticos naturais fortalecem o sistema imunológico, prevenindo doenças

Alho e cebola

Protegem contra o desenvolvimento de vírus e bactérias. São também vermífugos. Devem ser consumidos crus, porque quando fritos ou assados perdem suas propriedades. Uma maneira de ingerir o alho mais facilmente é espalhar um ou dois dentes moídos sobre a refeição (almoço), diariamente.


Geléia real

Favorece a renovação de todas as células, desde a médula óssea até a pele, cabelos e unhas e previne doenças infecciosas. O produto deve ter procedência confiável e ser guardado na geladeira num pote de vidro. Todos os dias, deve-se retirar uma pitadinha com espátula de madeira (metal ou plástico não servem pois deixam resíduos) e pôr debaixo da língua. É importante que seja em jejum e antes mesmo de escovar os dentes.

Laranja

Um copo pequeno de suco de laranja-lima ou lima-da-pérsia todos os dias, pela manhã, fortalece o sistema imunológico e previne doenças como resfriados, gripes e viroses. As laranjas pêra ou seleta devem ser evitadas, porque sua acidez agride a mucosa do estômago. O melhor é comer a fruta, já que o bagaço é também excelente fonte de fibra.


Iogurte natural

É uma boa fonte de cálcio, que fortalece dentes e ossos, além de ajudar a refazer a flora intestinal destruída pelos antibióticos. O ideal é preparar o iogurte em casa, livre de conservantes: ferva dois litros de leite e, quando estiver morno, adicione um copo de iogurte natural industrializado na temperatura ambiente. Abafe com um pano, embrulhe com jornal e deixe descansar de um dia para outro. É importante só usar recipiente de vidro.

Gengibre

Atua como um desinfetante do organismo, impedindo que os germes se desenvolvam; é contra-indicado para quem tem hipertensão, porque eleva a pressão. Um pedacinho cru, mascado como se fosse chiclete, afasta dor de garganta e mau hálito. Outra maneira de ingerir o gengibre é extrair o sumo na centrífuga, misturar com mel e guardar no freezer. Depois é só pegar um pouquinho dessa mistura gelada, todos os dias, usando como medida uma colher de café.


Algas

Ricas em sais minerais, clorofila e iodo. Ajudam o organismo a combater infecções. A mais popular é a kombu (à venda em casas de produtos naturais), que pode ser frita ou usada em sopas. A spirulina (à venda em cápsulas) atua como um desinfetante natural do organismo, matando os germes. A ágar-ágar (gelatina natural) desintoxica e fortalece unhas e cabelos e pode ser misturada com frutas.

Agrião

Além de ser uma boa fonte de ferro e iodo, evita a invasão das bactérias. Deve ser consumido cru, em saladas. O chá de agrião é bom para quem está resfriado.


Própolis

É um ótimo antibiótico, mas não pode ser ingerido por muito tempo seguido porque acaba agindo, também, contra as bactérias que são importantes para o bom funcionamento do organismo. Durante o processo infeccioso, use 10 gotas de própolis (adultos com mais de 45 kg), duas vezes por dia. Crianças devem tomar 5 gotas.

Inhame

Fortalece o sistema imunológico e ajuda a ganhar massa muscular. Pode ser preparado como purê, sopa, frito ou cozido. A sopa é ótima para combater resfriados, bronquite e pneumonia. É feita com inhame cozido e duas colheres de sopa de alho cru moído por cima. Deve ser temperada com pasta de soja (missô) e tomada quente, uma vez por dia. Uma porção da mesma sopa, bem grossa, pode ser colocada entre duas gazes e aplicada sobre os pulmões, para ajudar na recuperação de bronquite e pneumonia.

Fonte: Prof. Bartolomeu Alberto Neves, fitoterapeuta e especialista em medicina chinesa.
Por Valéria Martins
http://marieclaire.globo.com/edic/ed107/sau_comida1.htm