APELO AO PR JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS. O banco millennium Angola na rua rei Katyavala roubou-nos o terreno e nele montou um gigante gerador que dia e noite nos mata com fumo mortal. Não se justifica este crime horrível porque há energia eléctrica. Os moradores já se queixaram mas em vão. Já há anos que vivemos de janelas e portas fechadas. Apelamos para que V. Ex.ª ordene o fim imediato deste crime e que os culpados sejam enviados para a justiça e que os lesados recebam as devidas indemnizações.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Dor torácica (dor no peito) – causas


"Se você está sentindo ou sentiu uma dor de localização anterior no tórax, difusa (espalhada), tipo aperto, queimação ou pressão, desencadeada por uma situação de estresse emocional ou esforço físico, sem fatores de agravo (como respirar ou movimentar o tórax), procure uma unidade de atendimento emergencial"

http://portaldocoracao.uol.com.br/materias.php?c=sinais-e-sintomas&e=2821

Causas de dor torácica cardíaca e suas características principais:
-Angina do peito:
Os pacientes costumam perceber as crises de angina do peito como uma pressão, aperto ou queimação na região central do tórax. A dor também pode atingir os ombros ou irradiar-se pela face interna dos membros superiores, costas, pescoço, maxila ou região superior do abdome. Muitos indivíduos descrevem a sensação mais como um desconforto ou uma pressão, do que uma dor propriamente dita. Tipicamente, a angina do peito é desencadeada pela atividade física, dura alguns poucos minutos (3 até 15 minutos) e desaparece com o repouso ou com o uso de nitratos (vasodilatadores coronarianos).

A dor da angina do peito não costuma piorar com a respiração ou movimentação do tórax. O estresse emocional também pode desencadear ou piorar as crises de angina do peito. A angina do peito poderá ser chamada de estável, instável ou variante.

A angina do peito estável é aquela que apresenta sempre as mesmas características, ou seja, seu fator desencadeante, intensidade e duração, costumam ser sempre os mesmos.

Na angina do peito instável o desconforto passa a ter uma maior frequência, intensidade ou duração, muitas vezes, aparecendo ao repouso.A angina do peito instável é uma emergência médica, pois poderá evoluir para um infarto do miocárdio ou até mesmo, a morte.

A angina do peito variante, também chamada de angina de Prinzmetal, é resultante de um espasmo da artéria coronária. Esse tipo de angina do peito é chamada de variante por caracterizar-se pela ocorrência de dor com o indivíduo em repouso (geralmente no período da noite), e não durante o esforço. Outro aspecto são achados eletrocardiográficos típicos.

- Infarto do miocárdio:
Embora o infarto do miocárdio possa ocorrer sem sintomas (infarto do miocárdio silencioso), fato mais comum em idosos, cerca de 80% dos casos de infarto do miocárdio sintomáticos cursam com dor no peito. Geralmente, a dor típica do infarto do miocárdio é um desconforto torácico localizado na região central do peito, o qual poderá irradiar-se para às costas, mandíbula, membros superiores e dorso.

A dor ainda pode ocorrer apenas em uma ou várias dessas localizações e não na região anterior do tórax. A dor do infarto do miocárdio é semelhante a dor da angina do peito, porém costuma ser mais prolongada e não é aliviada pelo repouso. Menos frequentemente, a dor é localizada na parte superior do abdome, podendo ser confundida com uma indigestão, úlcera ou gastrite.

Durante um infarto do miocárdio, o indivíduo ainda pode apresentar uma sudorese excessiva, palidez, náuseas e vômitos, agitação, tontura, desmaio, ansiedade ou até uma sensação de morte iminente. Apesar de todos os sintomas possíveis, um em cada cinco indivíduos que sofrem um infarto do miocárdio, apresentam apenas sintomas leves ou não apresentam sintomas. Esse tipo de infarto do miocárdio é chamado de silencioso, podendo ser detectado algum tempo após a sua ocorrência, através de um eletrocardiograma de rotina.

-Pericardite aguda:
Normalmente, a pericardite aguda provoca febre e dor torácica.A dor pode ser semelhante a de um infarto do miocárdio, exceto pela sua tendência a piorar na posição deitada, durante a tosse ou com a respiração profunda (caráter ventilatório). A dor da pericardite aguda pode aliviar com a inclinação do tórax para frente (posição de "prece maometana"). A pericardite aguda pode levar a um derrame pleural (líquido na pleura), a qual poderá acarretar um tamponamento cardíaco – um distúrbio potencialmente letal.

-Dissecção aórtica aguda:
Teoricamente, todo indivíduo que apresenta uma dissecção aórtica aguda sente dor, a qual geralmente é de forte intensidade, com início súbito e contínua. Mais comumente, os pacientes sentem uma dor torácica descrita como "dilacerante". Também é frequente a presença de dor na região dorsal (parte posterior do tórax), entre as escápulas. Frequentemente, a dor acompanha o trajeto da dissecção ao longo da aorta. Quando a dissecção avança, poderá ocorrer uma obstrução de um ponto onde uma ou mais artérias ligam-se à aorta. Dependendo de quais artérias são bloqueadas após a dissecção aórtica, as consequências incluem um derrame cerebral, infarto do miocárdio, insuficiência renal, dor abdominal súbita, lesão nervosa com produção de formigamento e a incapacidade de movimentar um membro. A síncope (desmaio) também poderá ser uma manifestação inicial da dissecção aórtica aguda.

-Estenose da válvula aórtica:
Essa doença causa sintomas típicos de angina de peito. O indivíduo com estenose aórtica grave pode desmaiar durante o esforço (síncope), pois a válvula estreiada impede que o ventrículo bombeie sangue suficiente para o cérebro e o restante do corpo. O diagnóstico da estenose aórtica geralmente é feito após a constatação de um sopro cardíaco característico (auscultado através de um estetoscópio).Para a identificação da causa e determinação da gravidade da estenose, um ecocardiograma (exame de imagem que utiliza ondas ultrassom) deverá ser realizado. Qualquer adulto (principalmente idoso), que apresente desmaios, sintomas de angina do peito e dificuldade respiratória ao esforço que, comprovadamente, são provocados por uma estenose aórtica, deven ser encaminhados para à substituição cirúrgica da mesma.

Causas de dor torácica não cardíaca e sua características principais:
-Pneumonia e pneumotórax:
A pneumonia costuma cursar com febre, tosse com catarro e falta de ar (dispneia). A dor torácica costuma ser ao repouso, localizada na parte lateral do tórax, piorando com a tosse ou com a respiração. A dor do pneumotórax também costuma ser ao repouso e piorar com a respiração, estando associada à falta de ar.

-Tromboembolismo pulmonar (embolia pulmonar):
Costuma causar dor torácica ao repouso que piora com a respiração. A presença de dispneia, taquicardia e tosse com escarro de sangue (hemoptise), são achados típicos. A presença de fatores predisponentes para trombose venosa (formação de coágulos nas veias das pernas, que são a principal causa do tromboembolismo pulmonar), como pós-operatório, doença maligna (câncer) e insuficiência cardíaca, entre outras, costumam estar presentes.

-Gastrite, esofagite e úlcera:
Essas doenças do aparelho digestivo costumam causar azia (queimação na boca do estômago), pirose (queimação no centro do tórax, no trajeto do esôfago), dor de estômago, plenitude pós-prandial, náuseas e vômitos. O desconforto costuma ser ao repouso e ter relação com a alimentação ou ingestão de álcool. A duração pode ser variável, podendo permanecer por horas. Nas doenças do estômago (gastrite e úlcera), é comum a piora do sintoma com a palpação da região da boca do estômago (epigástrio).

-Dor muscular:
Costuma ser lateralizada (num dos lados do tórax), ao repouso, ter duração prolongada, piorando com a respiração, movimentação ou palpação do tórax. Pode haver antecedentes de esforço muscular ou trauma.

-Dor óssea (exemplo: fratura de costela):
Costuma ser localizada em um local restrito, ao repouso e prolongada, piorando com a respiração, movimentação ou palpação do tórax. Pode haver antecedentes de trauma e osteoporose (ossos frágeis).

-Costocondrite (síndrome de Tietze):
Essa doença é uma inflamação da junção de uma costela com o osso esterno (localizado no centro do tórax). Causa uma dor torácica bem localizada em um ponto, ao repouso, que costuma piorar com a respiração ou palpação do local.

-Herpes Zoster:
Essa doença é uma reativação do vírus da varicela, que causa uma inflamação dos nervos do tórax (neurite).A dor é localizada no trajeto do nervo, sendo do tipo queimação, ao repouso e com uma duração prolongada. A área afetada costuma ser muito sensível ao toque da pele. Pode causar dúvidas no diagnóstico no período que antecede ao aparecimento de uma erupção com pequenas bolhas no trajeto do nervo, as quais são típicas da doença.

- Doenças da vesícula biliar:
A presença de pedras na vesícula (litíase biliar) ou inflamação da vesícula (colecistite aguda) costuma cursar com dor na região do hipocôndrio direito (logo abaixo das últimas costelas do lado direito). A dor costuma ser ao repouso, podendo ter relação com a alimentação (litíase biliar), cursar com febre (colecistite aguda), náuseas, vômitos e falta de apetite (colecistite aguda). A dor geralmente é tipo cólica e costuma piorar com a palpação do local (ponto cístico).

-Ansiedade:
A ansiedade é um sintoma que acompanha a maioria dos transtornos psiquiátricos. Em geral, são sintomas que não se enquadram em uma doença específica, muitas vezes, acometendo pessoas de baixo risco para doença arterial coronariana. A localização da dor no tórax é muito variável, a duração também (segundos até horas, muitas vezes intermitente, aparecendo e desaparecendo), podendo haver piora com a respiração ou palpação do tórax. É comum que este tipo de dor ocorra apenas ao repouso, não se repetindo durante uma atividade física. Um estresse emocional como fator precipitante é um achado comum. No exame físico não há sinais indicativos de doença orgânica.

Investigação da dor torácica:
A base para o diagnóstico correto da causa da dor torácica é o exame clinico (história clínica e exame físico).Vários exames complementares podem ser solicitados para a investigação, tais como: exames de sangue (exemplo: enzimas cardíacas), radiografia do tórax, eletrocardiograma, teste de esforço, ecocardiograma, cineangiocoronariografia e cateterismo cardíaco, tomografia de tórax, angiotomografia da aorta e outros.

Matéria publicada por Dippe Gestão de Conteúdo

46 comentários:

  1. eu sinto dor no peito somente ao tossir, espirrar ou ao rir. localizada num unico ponto no meio do peito . esta dor se tornou comum ha quase 1 ano , nao sinto nada ao fazer esforco fisico, exames nao apareceu nada. o que sera ;

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SINTO A MESMA COISA!

      Eliminar
    2. algum d vcs 2 fumam??
      pq eu to sentindo o mesmo trem fz um tempo

      Eliminar
    3. Engraçado! Estou sentindo a mesma coisa e já faz 4 meses, os médicos estão investigando e nos exames aparecem um aumento nos leucócitos e na proteina C reativa. Agora vou fazer uma tomografia do tórax e um detalhe não fumo.

      Eliminar
    4. Cara eu ja vou amAnhã procurar um Pneumoligista, to com a mesma coisa e aindo fumo, quase certo que é pelo mandito CIGARRO.

      Eliminar
    5. ANONIMO 23/05/2013
      sinto dores no peito, nas costas, nos braços, e no pescoço tudo isso do lado esquerdo, os medicos dizem que é depressão,mas acho que só se comfirma com os exames.ma´s tenho fé em Deus que não seja nada grave.

      Eliminar
    6. Engraçado. ...estou com a mesma dor ! Não sou fumante... o unico exame q deu alterado foi proteina c reativa. Todos os outros estao ótimos.

      Eliminar
    7. estou com a mesma dor, já faz duas semanas! no inicio pensei que fosse por conta da academia, mas acho que não. é bem localizada no meio do peito, e só dói ao apalpar, sorrir, espirrar e torci! dói bastante!

      Eliminar
  2. Essa madrugada acordei com uma dor terrivel no meio do peito, ao respirar doia, se me movimentava doia, é uma dor horrível parece que ia morrer, até que foi melhorando aos poucos, mas fiquei imobilizada pois doia muito meu peito, ao acordar de manhã senti que estava dolorida, já não é a primeira vez que sinto isso, o que poderia ser, se já fiz exame do coração a um tempo atrás.
    Sara - Pr

    ResponderEliminar
  3. Essa dor no meio do peito tbm se tornou constante do meu dia a dia... observei que isso começou quando minha renite atacava e eu espirrava demais... uns 4 ou 5 espirros.. entao eu sentia o essa região do torax se contrair.. e doer... conhecidencia ou nao... quando passo algum tempo sem espirrar... a dor some....

    ResponderEliminar
  4. Já faz meses que tenho uma dor na região do tórax, essa dor aparece com mais intensidade, quando eu janto e durante a madrugada, eu acordo devido a dor intensa. Fui ao médico, quando foi feito eletro cardiograma dando resultado normal e a pressão foi medida também normal. Melhora quando eu puxo o ar pela boca para dentro do estômago e arroto.A dor é parecida com a dor de um espinho de peixe garrado no local.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece ser refluxo... pesquise sobre esta!

      Eliminar
    2. Parece ser refluxo!! voce sente azia?

      Eliminar
  5. Esses dias doia meu pescoço mas tinha parado..E agora desde quarta começou de novo,so que doi o peito tmbm,quando me abaixo ou pucho toda respiraçao doi mais..tmbm uma dor de cabeça,vontade de ficar deitada..

    ResponderEliminar
  6. Sinto uma dor no meio do peito somente ao espirrar, o que pode ser ja faz uns 4 meses.

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde!
    Fazem 2 dias q ao tossir, espirrar, ou movimento brusco, venho sentindo dores nas costas e peito (lado esquerdo), parece q no peito doi os ossos, e nas costas espadua movimento braço, marquei médico, mas pelo SUS ja viu né, só para outubro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OLÁ AMIGA..SEI BEM COMO É O PLANO SUS..RSRS,SE VC QUISER SOU CORRETORA DE PLANO DE SAÚDE,ME ENVIE UM EMAIL PARA LUVIVASAUDE@HOTMAIL.COM E FAÇA UMA COTAÇÃO SEM COMPROMISSO OK,TEMOS PLANOS A PARTIR DE 40 REAIS....ABRAÇOS!!!!!!

      Eliminar
    2. Bem mandado! Têm pessoas que são idiotas, não respeitam, aproveita para vender planos de saúde. Têm que manda tomar no cúuuuuuu!!!!

      Eliminar
  8. sinto muita dores no peito, pigarro constantes, queimação no torax, durmo mal, arrotos frequentes, meu nivel de testoterona esta baixo, colestoral 280 e glicose 112, quando durmo tenho formigamentoe dormencia no braço direito, dores lado direito da costela dores na garganta e façe..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tambem me sentia assim fiz uma tomografia de torax e deu um cisto, estou esperando pra fazer cirurgia, outros exames todos com resultados normais, essa sensaçao é horrivel, boa sorte!

      Eliminar
  9. oi minha dor piorou muito a queimação aumentou, dores no estomago, peito com queimaçõ, garganta, costas, arrotos frequentes, a dor irradiou para os ombros tb, as vezes dores na cabeça tb, fui ao gastro apenas deu gastrite mais não sara com omeprazol, o que fazer

    ResponderEliminar
  10. estou com dores fortes no peito
    quando corro ou faço algum exercicio a dor almenta oque será que tneho?

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde,
    Podem ser dores de origem muscular. Procurem fisioterapeuta.

    ResponderEliminar
  12. Ola, sou geisilane e estou sentindo dores na regio toraxica ao tossir, sentia antes mas so quando estava gripada mas agora nao posso tossir ou dar risadas que sinto dores. Nao tenho febre, so um gosto de sangue na boca ao tossir, mas é só o gosto e tambem nao fumo. Ja vou fazer exames mas estou com medo de ser algo grave. Por favor vcs podem me ajudar, podem falar a verdade, para que eu possa pelo menos me tranquilizar ou nao. Agradecida.

    ResponderEliminar
  13. Fumo 20 cigarros por dia (1 maço) tenho dores no peito e falta de ar (normal de fumante) a dor no peito é mais quando mexo o torax e vai e volta o que pode ser?

    ResponderEliminar
  14. Sinto muita queimação no peito no meio e do lado esquerdo à mais de 4 mês ja varios ECG e não da nadaa !

    ResponderEliminar
  15. sinto essa dor ao espirrar o medico disse que eu tava com o coração acelerado pode ser cardiaco ?

    ResponderEliminar
  16. faz 3 dias que estou com dor no peito e nas costa, vou ao P.S na minha cidade, eles falam que é dor muscular. Mas a dor no dia seguinte continua não sei o que faço estou com medo somente Deus na minha vida tenho 33 anos tomo remédios controlavel para pressão alta......

    ResponderEliminar
  17. Esqueceram de citar a formação de gases na região. O consumo de alimentos ricos em proteínas e alguns legumes, refrigerantes, folhas e frutas, causam aumento de gases, que podem até parecer infarto.

    ResponderEliminar
  18. oi meu nome e andrea uma vez eu pequei uma peça de mussarela ,e estava dura fui tentar desgrudar ela e encostei assim perto do peito,gente mais tao dolorido perto do peito ,ja faz tempo que isso aconteceu ,sera que e porisso que de vez em enguando doi .

    ResponderEliminar
  19. EU ESTOU SENTINDO UMA DOR NAS COSTAS JA FAZ ALGUM TEMPO E UMA DOR ORRIVEL INTALA DA SOLUÇO

    ResponderEliminar
  20. Não sinto dor forte no peito. Sinto uma irritação do lado esquerdo do peito e palpitação. Ao encostar na região, percebo que está dolorido. Porém, só me incomoda quando estou em repouso, ou seja, não consigo perceber o incomodo, nem as palpitações durante minhas atividades profissionais/ pessoais.

    ResponderEliminar
  21. Sinto o incomodo, e palpitações do lado esquerdo do peito. Somente quando pressiono o peito com as mãos, sinto que a região está dolorida.
    Isso ocorre somente em repouso, ou seja, nas atividdes do dia a dia não percebo nenhum incomodo, nem palpitações.

    ResponderEliminar
  22. quando danco a valsa por exemplo no fim sinto uma dor no peito do lado direito o que sera mesmo quando canto ando preocupadosera as arterias bloqueadas

    ResponderEliminar
  23. ola meu nome é marcos eu ultimamente sinto dor no lado esquerdo e doi o torax e queima muiito sinto como meu coraçao esqtivesse dando uma ataque...fico com medo de morrer minha mao soa..fica apavoradado fizz 2 eletrocardiograma deu nomal fiz raio x tbm deu normal.. e quando penso nisso sinto tudo di novo,ja tomei bastante remedio pra dor mais nao resolve..me ajudem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. oi eu também comecei a sentir isso a 2 dias porque tusso muito!já fui aõ cardiologista há um ano atráz e ele me disse que era para eu fazer uma ecocardiografia a dopler do coração..vc tem que fazer numa clínica particular.Custa em média 200 reais eu não fiz achando que era frescura mas to com medo e vou fazer!boa sorte pra nós..vamos nos cuidar!forte abraço..

      Eliminar
  24. Quando soluço sinto um graaaande incomodo no peito junto com uma dor bem forte, não sei o que pode ser e meus pais, tenho 14 anos, não vão me levar no medico tão cedo e só estou aqui para saber se isso é normal e esse tipo de coisa, muito obrigada desde já!

    ResponderEliminar
  25. ja houve tres vezes que do nada senti tipo uma dor do lado direito do torax que ia repuchado ,o braco nao ia nem p frente nem p tras que doia tinha que achar uma posicao p ficar co o braco ate passar depois ficava dolorido dai sumia, e no torax bem acima dos seis bem mo meio qd coloco as duas maos e aperto um pouco doi la dentro, tem dois locais na coluna que se eu apertar o ossinho a dor parece que atravessa o peito afora me da uma dica por favor de que posso estar fazendo p melhorar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PESQUISE NA INTERNET SINDROME DE TIETZE E ACHARA A SOLUÇÃO

      Eliminar
  26. deixei um comentario agora pouco sou uma mulher de 33 anos .sobre a dor no torax , o repucho no braco e nos ossinhos da coluna obrigado

    ResponderEliminar
  27. já ouviram falar de sindrome de tietze pesquisem na internet e acharam a solução de seus problemas - dor torácica central com sintomas parecidos com infarto poucos médicos conhecem do assunto especialista reumatologista

    ResponderEliminar
  28. já ouviram falar de sindrome de tietze pesquisem na internet e acharam a solução de seus problemas - dor torácica central com sintomas parecidos com infarto poucos médicos conhecem do assunto especialista reumatologista

    ResponderEliminar
  29. os sintomas da sindrome de tietze são parecidos com varias doenças , levando a vários diagnosticos errados fazendo o paciente perder tempo e dinheiro alguns médicos nunca ouviram falar dessa sindrome

    ResponderEliminar