Luanda. Desde as 07.40 horas do dia 10 de Março que o gerador do banco millennium, Rua Rei Katyavala – o banco da morte – trabalha dia e noite. A energia eléctrica está normal. As janelas e portas têm que ficar cerradas porque o fumo é mortal. No dia 13, três mercenários portugueses ao serviço do crime organizado estiveram no local e aprovaram a mortandade. Como o banco é da mana Isabel, ela quer lá saber disso. Continuamos no colonialismo antes da independência, do grito: VITÓRIA OU MORTE!

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Dor no peito. Informações gerais. Tratamento


Nomes alternativos:

Queimadura no tórax; dor torácica.
Definição:

Dor, opressão, pressão ou desconforto no peito. Veja também angina estável, angina instável e angina variante.

http://adam.sertaoggi.com.br/encyclopedia/ency/article/003079.htm

Considerações gerais:

Quando se sente uma dor repentina no peito, é normal temer pelo pior. A dor no peito é um sintoma que, para muitos, significa "ataque cardíaco". Embora a dor no peito possa ter muitas causas não relacionadas ao coração, qualquer desconforto novo ou não usual deve ser avaliado por um médico. É muito importante observar outros fatores associados à dor no peito (localização exata, tipo de dor, etc).

A doença cardíaca é a causa número um de óbito e incapacitação nos Estados Unidos. Entretanto, a dor no peito causada por problemas cardíacos é pouco freqüente em homens com menos de 30 anos e mulheres abaixo dos 40, se estes forem saudáveis; também não é comum antes dos 50 anos, em ambos os sexos.

Uma dor repentina, que dura alguns poucos segundos, é comum em pessoas saudáveis e não traz motivo para preocupação. A sensação de ter a respiração presa, depois de uma inspiração profunda, também não é clinicamente importante e não necessita de atenção.

A dor no peito causada por um problema cardíaco pode ser leve ou intensa. A sensação de pressão ou aperto no peito costuma ser mais freqüente do que a dor real. A dor geralmente se localiza no centro do peito, abaixo do esterno, podendo irradiar para as costas, maxilar ou ombros (normalmente o esquerdo). Pode ser acompanhada por náusea, sudorese, tontura ou falta de ar. A angina estável (dor no peito causada por uma redução temporária do fluxo sangüíneo para o músculo cardíaco) normalmente dura de 1 a 15 minutos e é provocada por exercício ou estresse, podendo ser aliviada por repouso ou administração de nitroglicerina. A angina instável é aquela que ocorre durante o repouso ou que aumente a freqüência, gravidade ou duração de uma angina previamente estável. A angina instável costuma levar, com freqüência, ao infarto agudo do miocárdio (ataque cardíaco). No caso de ataque cardíaco, o desconforto no peito é mais prolongado (mais do que 15 ou 10 minutos) e não se consegue aliviar com o repouso ou nitroglicerina. A angina instável é aquela que ocorre mesmo estando em repouso ou com um aumento da freqüência, gravidade ou duração de angina estável anterior. A angina instável costuma levar a infarto agudo do miocárdio (ataque cardíaco). O desconforto no peito, durante o ataque cardíaco, em geral é mais prolongado (mais do que 15 ou 20 minutos) e não é aliviado por repouso ou administração de nitroglicerina.

A dor na parede torácica (dor que se origina nos tecidos da parede torácica, e não no coração) em geral pode ser constatada se for pressionado um dedo no tórax no local do desconforto, o que reativa ou agrava a dor. Ocasionalmente, a dor cardíaca e a dor na parede torácica podem apresentar-se conjuntamente. A pleurisia (inflamação do revestimento dos pulmões) piora ao se inspirar profundamente ou durante acessos de tosse; o mesmo não ocorre quando a dor no peito deve-se a um problema cardíaco.

A hiperventilação é causa freqüente de dor no peito, principalmente em jovens.

A dor decorrente de úlcera produz ardor quando o estômago está vazio, melhorando ao comer. A dor da vesícula biliar costuma ficar mais intensa depois após a refeição.


CostocondriteFiguras

Definição:
Inflamação de uma costela ou da cartilagem conectada uma costela. Essa é uma causa comum da dor na parede torácica. Inflamações ou lesões envolvendo os músculos do peito é uma outra causa comum da dor na parede torácica. Veja dor torácica.
http://adam.sertaoggi.com.br/encyclopedia/ency/article/000164.htm