sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Os genes e o suor


Se todo verão você se pergunta por que soa tanto e fica com raiva toda vez que sente sua roupa “ensopada”, pode por a culpa nos seus genes. A geneticista Anna Di Rienzo, da Universidade de Chicago viajou o mundo e comprovou: pessoas que moram em lugares com maior radiação solar têm variações no gene das glândulas sudoríparas para eliminar calor. Elas funcionam como ar-condicionados particulares.

É tudo uma questão de adaptação. Os humanos acabaram se acostumando com diferentes paisagens, diferentes climas, diferentes radiações de raios UV, comidas e doenças diferentes. A pesquisadora e sua equipe analisaram informações genéticas de pessoas de todo o mundo. O grupo dividiu as regiões do globo, classificando cada uma em categorias como: polar, seca, tropical e úmida. O tipo de alimentação também foi um fator de diferenciação.

Eles descobriram que um gene que produz uma proteína encontrada nas glândulas de suor é mais comum em pessoas que vivem em lugares quentes. O gene chamado keratin 77 foi associado a lugares que tem níveis altos de radiação solar no verão. De acordo com o pesquisador Peter Zimmerman, da Escola de Medicina de Cleveland, apesar do ambiente realmente ser um fator que contribui para a mudança no genoma, os efeitos demoram muitos anos para acontecer. [ScienceNews]

http://hypescience.com/os-genes-e-o-suor/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

Hypescience