terça-feira, 26 de junho de 2012

Luanda. Foi transportado para o Hospital do Zango, onde não sabiam, técnica e materialmente fazer o tratamento


No Dia 07.06.12 morreu um funcionário do BFA, vítima de complicações causadas por um tiro que levou quando foi assaltado no dia anterior no Zango. O tiro acertou-lhe no braço e perfurou-o atingindo o fígado, o pâncreas e os rins. Foi transportado para o Hospital do Zango, onde não sabiam, técnica e materialmente fazer o tratamento. Depois foi para o novo Hospital de Viana, onde a resposta foi a mesma, apesar de se tratar de uma unidade hospitalar nova, em seguida foi transportado de ambulância até ao Hospital Américo Boavida, onde também não sabiam fazer nada e foi então levado em desespero de causa, para a Clínica da Sagrada Esperança, onde foi operado das 18.00 às 22.00. Passou a noite, aguentou o dia e morreu ao pôr-do-sol, pelas 18 horas do dia seguinte.
In FOLHA 8 nº 1099 de 16 de Junho 12