quarta-feira, 10 de março de 2010

Alergia bizarra faz homem desmaiar quando celular toca


Seu celular não causa câncer por si mesmo, mas ele contribui para um mar de radiação que acaba prejudicando pessoas como Per Segerbäck.

Per vive em uma região afastada de Estocolmo. Seus vizinhos são lobos e ursos e ele não tem nenhuma companhia humana constante porque nossa tecnologia o faz passar mal. Isso mesmo. Durante uma volta no ano passado Per encontrou um vizinho (que mora a um quilômetro de distância dele) e o celular do vizinho tocou. Per voltou para casa passando mal com náuseas.

Ele sofre de eletro-hipersensibilidade, o que quer dizer que ele sofre vários sintomas quando está perto de aparelhos eletrônicos – desde a sensação de pele queimando até náusea e perda de memória. Em casos extremos como o de Per os sintomas podem até incluir problemas respiratórios, palpitações e desmaios.

Para que Per sofra desses sintomas, um celular ou aparelho eletrônico precisa estar em uso. Celulares desligados não emitem radiação suficiente para serem notados pelo seu organismo.

A Suíça é o único país que reconhece esse distúrbio raro como uma doença que impossibilita o trabalho. Lá, as pessoas com essa doença possuem o mesmo tratamento do que cegos ou surdos. [Popsci]

http://hypescience.com/28785-o-homem-que-era-alergico-a-ondas-de-radio/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE