sábado, 13 de março de 2010

Como sei que estou com tonturas ou vertigens


Respostas sobre Tonturas e Vertigens

Mais Sobre : tonturas
1) Como sei se estou com tontura ou com vertigem?
A tontura é uma sensação errônea de movimentação de nosso corpo em relação ao ambiente ou do ambiente em relação ao nosso próprio corpo.
Quando esta sensação adquire caráter giratório, chamamos de vertigem. Exemplo: A impressão da sala onde estamos girar ao nosso redor.

por : Dragoness
• http://pt.shvoong.com/medicine-and-health/epidemiology-public-health/1854192-perguntas-respostas-sobre-tonturas-vertigens/

2) É importante sempre consultar um médico quando aparece a tontura e/ou vertigem?
Sim. Porque tontura e vertigem são sintomas (como dor e febre), mas podem indicar alguma doença, como por exemplo as labirintites. Somente o médico poderá fazer o diagnóstico correto e definir o tratamento adequado, buscando saber quais os motivos que causaram esses sintomas.
3) O que são "Labirintites"?
São alterações do labirinto (orelha interna), órgão associado aos processos do equilíbrio e de audição, e que provocam os sintomas da tontura e da vertigem.
4) O que é uma crise labiríntica?
É a fase aguda da alteração do labirinto quando os sintomas estão acentuados. Além da tontura e da vertigem, podem estar presentes também: mal-estar, náuseas, vômito, palidez, suor frio, "batedeira nocoração" (palpitação), medo, ansiedade, angústia, sensação iminente de morte, diminuição da audição, zumbido e pressão nas orelhas entre outros sintomas.
5) Que pessoas podem ter essas alterações?
Desde recém-nascidos até idosos podem apresentar tonturas e vertigens com diferentes graus de intensidade e freqüência. Em geral, são mais freqüentes nos adultos e idosos, perturbando bastante a rotina diária.
6) Quais as causas destas manifestações?
São mais de 2000 causas (etiológicas) possíveis em mais de 300 distúrbios, que podem determinar o aparecimento das tonturas e vertigens. Envolvem problemas localizados tanto na orelha como em outras regiões do organismo. Só para exemplificar: quando temos um resfriado o processo inflamatório pode atingir a orelha, determinando o aparecimento da tontura e vertigem.
7) As "labirintites" têm cura?
Quando o paciente é tratado adequadamente pode-se conseguir a melhora acentuada ou cura em 90% dos casos. Quando se faz o diagnóstico preciso, sabendo-se o que causa os sintomas, pode-se melhorar ainda mais este resultado.
8) Pode-se morrer de tontura e vertigem?
Não. Porém esses sintomas podem interferir bastante nas atividades das pessoas afetadas, comprometendo o equilíbrio, podendo provocar quedas, dificuldade de orientação no espaço e até acidentes mais graves. As tonturas e vertigens podem, mais raramente, fazer parte dos sintomas de doenças mais graves, como por exemplo tumores que podem levar ao risco de vida.
Tudo isso reforça a importância de procurar seu médico sempre que os sintomas surgirem.
9) Qual é o tratamento para estes sintomas?
O tratamento vai depender basicamente da causa e da gravidade do quadro que a pessoa apresenta. Existem remédios anti-vertiginosos (contra tonturas e vertigens), exercícios para reabilitação do labirinto, recomendações alimentares e de hábitos de vida, e nos casos mais severos e específicos, pode ser recomendado o tratamento cirúrgico.
10) É possível evitar ou prevenir-se da tontura e vertigem?
Algumas causas de tontura e vertigem podem ser corrigidas, prevenindo-se a continuação ou a recorrência destes sintomas. Manter hábitos alimentares adequados, bem como evitar o estresse, o sedentarismo e uso de substâncias e/ou medicamentos tóxicos para o ouvido são medidas importantes que podem contribuir para essa finalidade.
CONSULTE SEMPRE SEU MÉDICO."

É importante ressaltar de novo que tonturas podem ser indicativos de outras doenças (stress, anemia, etc.), então é sempre fundamental consultar um médico. Se o médico não lhe der atenção (infelizmente é comum isso ocorrer, sei por experiência própria...) ou se você não ficar satisfeito(a) com o diagnóstico, consulte outro. Há médicos realmente interessados em ajudar os outros, basta ter paciência que ainda podemos encontrá-los.

Curiosidade: em medicina, tudo o que termina com "ite" significa inflamação. Então, sinusite é a inflamação dos seios da face (sinus = seios, ite = inflamação), bursite é a inflamação da bursa (um tipo de almofada que fica entre o osso e a pele e serve para amortecer impactos), e labirintite é a inflamação do labirinto. :)