sábado, 6 de março de 2010

Por razões de saúde


É!!!!…
Por razões de saúde estive fora destas lides mais de uma semana.
Pelas poucas notícias que fui ouvindo via TV – infelizmente quase sempre em redor das inúmeras catástrofes e calamidades que aconteceram – houve algumas que mais me chamaram a atenção.


Por exemplo, em Cuba, um dissidente que faleça por falta de assistência médica e pela “simpatia” internacional de ninguém se meter, aconteceu, porque… aconteceu. E não foi por tortura que isso lá não existes… Cuba está longe da Europa, ao contrário de Marrocos e dos sarauis e porque Castros são “filhos” da Espanha e a ilha só serve para certos “vacaciones”…

Mas também fiquei a saber hoje, espantado, diria escandalizadamente espantado, que em Moçambique se fala… PORTUGUÊS!!!!. Incrível, eu julgava que só se falava, talvez, inglês, ou será outra? Dúvidas?, bastava ouvir a repórter portuguesa que acompanha a comitiva do senhor Sócrates a Moçambique… ou será que no mapa dela só aparece MOZAMBIQUE?
Também de um país onde diziam – ou escreveram – que a principal causa de morte nos moçambicanos era a queda de cocos… or else...!