quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Componente do plástico mata espermatozóides


Um componente do plástico chamado Bisfenol A (ou BPA), que é usado em garrafas plásticas, equipamento esportivo e em obturações, por causa do seu baixo custo, apresenta um efeito “colateral” – ele mata espermatozóides.

Segundo um novo estudo, exposição permanente a esse químico faz com que os homens tenham uma contagem de espermatozóides até quatro vezes menor do que o normal. Se você planeja deixar seus herdeiros por aí, com certeza isso não é uma coisa boa.

E caso você ache que está seguro por que você não anda abraçado com garrafas de plástico, pense duas vezes. Todos os envolvidos no estudo – até aqueles que tiveram uma baixíssima contagem de esperma – estavam abaixo dos níveis de exposição que as organizações de saúde consideram perigoso. Ou seja, a exposição normal ao plástico pode ser problemática.

E a coisa fica pior – cientistas estão descobrindo cada vez mais “lugares” em que o BPA é encontrado e alimento industrializado é um deles.

O que é que as pessoas podem fazer então? O jeito é esperar que as empresas deixem de usar a substância e analisem seus produtos em busca do BPA, como a Coca-Cola declarou que irá fazer. [Gizmodo]

http://hypescience.com/componente-do-plastico-mata-espermatozoides/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE