sábado, 13 de novembro de 2010

Luanda. Última hora. Polícia antiterror destrói bens dos vendedores de rua


Polícia antiterror para perseguir pobres vendedores de rua?! Sinceramente, só no nazismo. Esta Angola cada vez surpreende mais pela negativa. Como é que acabará esta selvajaria?
Grupos de quatro polícias antiterror circulam pelas ruas de Luanda… e destroem os bens dos vendedores de rua. De preferência preferem pontapear e espezinhar os produtos que os esfomeados conseguiram para vender, já que estão completamente excluídos dos bens petrolíferos e diamantíferos… não têm direito a nada.
Isto é mais um assunto para a ONU resolver. E a China, Aníbal Cavaco Silva, José Sócrates e comandita se pronunciarem, que pelos vistos apoiam tal iniciativa terrorista em Angola, conforme os habituais discursos do doentio paternalismo.