Por favor salvem esta menina. Apelo de Viana. Angola. Filha de 5 anos de idade que acerca de 2 anos está doente com Neoplasia Vesical (um tumor maligno na zona genital). O pouco que cada um pode dar já é muito para quem precisa, não precisamos ter muito para ajudar. Se cada um de nós depositar um pouco podemos ajudar a salvar a vida dessa menina. Quem puder ajudar pode depositar na conta: 000005001760033 ou IBAN A006.0034.0000.0500.1760.0334.1 de Lidia Manuel no banco Millenium

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

alguns artigos novos e limparam-na porque uma comissão o visitaria no quadro das comemorações do dia 17 de Setembro







Hoje fomos apanhados de surpresa pelo ‪#‎SOSKamosso lançado pelo Cabuenha Janguinda Moniz Cabuenha por volta das 11h00. Imediatamente começámos a ver quem poderia fazer a diligência de ir lançar um olho ao mais-velho. O único ativista próximo de nós que exerce profissão na área da saúde é o nosso mano Benedito Umbassanju Aurelio, que por acaso está de férias e a preparar-se para viajar.
Apanhado de surpresa, o mano também não se fez de rogado, abandonou o que estaria a fazer para correr para Catete, mesmo sem nunca ter visitado a casa do kota. Com o mano Nelson da Costa Ekuikui na assistência, subiram até à casa de Kamosso para ver o que se podia fazer. Eis o seu relato:
"... postos na casa do velho nos deparamos com um cenário diferente, embora escura, a casa estava limpa e tinha acabado de receber mobília nova. Ele, porém, não estava ali.
Perguntámos a um vizinho que nos informou que a casa tinha sido recentemente preparada e apetrechada com alguns artigos novos e limparam-na porque uma comissão o visitaria no quadro das comemorações do dia 17 de Setembro; que ele não estava porque tinha sido levado de manhã para o hospital pela ambulância da polícia.
Partimos então de imediato para o hospital onde fomos simpaticamente recebidos por uma das enfermeiras de serviço, que deixou o que estava fazer para levar-nos à sala preparada EXCLUSIVAMENTE para o VELHO KAMOSSO.
Aí, encontrámo-lo a fazer um soro fisiológico e apresentando o seguinte quadro clinico: dispneia de decubito (dificuldade de respirar numa determinada posição - deitado), edemas, nos membros inferiores, fraco e meio trémulo, talvez por falta de pitéu e higiene. O humor nunca o desertou no entanto e enquanto lá estivemos foi lançando algumas piadas, chegando mesmo a rematar que não vai morrer porque ainda vai a festa do Manguxi.
A pressão arterial nos pícaros, com a sistólica a bater 160mmhg (implica que o coração está a fazer um esforço tremendo para funcionar normalmente). Segundo a enfermeira: "o velho esta aqui desde que eram 13 horas, trazido pela ambulância da polícia chegando muito sujo, cagado e com muita falta de ar. Logo demos-lhe banho por orientação do director, que mandou comprar fraldas e dar sopa. Ficou orientado que, por ordens superiores, o atendimento e acompanhamento do mesmo seria da inteira responsabilidade do DR. COSTA (director do hospital), cabendo a nós somente a execução da medicação e outros cuidados. Porque parece que há ordens superiores para ter cuidados especiais, pois virá uma equipa visitá-lo".
Isto confirmava-nos o "mujimbo" anteriormente avançado pelo vizinho do Mestre. Falámos um pouco com o kota, mas ele, muito à rasca, lamentou a falta de ar, pelo que o ajudamos a encontrar a posição mais confortável na cama.
Nos despedimos deixando a nossa palavra de conforto, mas inquietos pois, naquela idade, a hipertensão com edemas e uma dispneia (que até prova em contrario é derivada de uma BRONCO-PNEUMONIA e/ou uma CARDIOPATIA) não são sinais animadores.
OBS: FIQUEMOS PREPARADOS PARA TUDO, ATÉ O MAIS TRISTE PODE ACONTECER."