Por favor salvem esta menina. Apelo de Viana. Angola. Filha de 5 anos de idade que acerca de 2 anos está doente com Neoplasia Vesical (um tumor maligno na zona genital). O pouco que cada um pode dar já é muito para quem precisa, não precisamos ter muito para ajudar. Se cada um de nós depositar um pouco podemos ajudar a salvar a vida dessa menina. Quem puder ajudar pode depositar na conta: 000005001760033 ou IBAN A006.0034.0000.0500.1760.0334.1 de Lidia Manuel no banco Millenium

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Mulheres com seios grandes têm maior risco de ter câncer de mama


Estudo recente apontou relações entre o tamanho dos seios e as chances de uma mulher desenvolver câncer de mama: certas variações genéticas seriam responsáveis por ambos os fenômenos.
Os pesquisadores analisaram o código genético de 16 mil mulheres em busca de pequenas mutações em seu DNA (chamadas “polimorfismos de nucleotídeos únicos”). De 7 mutações ligadas ao tamanho dos seios, 3 estavam associadas ao câncer de mama. Ao analisar os dados, eles descobriram que as participantes que tinham seios maiores tinham mais chance de desenvolver a doença.
Segundo o líder da pesquisa, Dr. Nicholas Eriksson, foi a primeira vez em que se encontrou um vínculo substancial entre tamanho dos seios e câncer. Ele ressalta, porém, que ainda são necessários mais estudos para ver se essa relação é realmente concreta.
Até hoje, pouco se sabe sobre os fatores responsáveis pelo tamanho dos seios. Um deles é o alto nível do hormônio estrogênio, que também eleva o risco de desenvolver câncer de mama.
“Enquanto a relação exata entre o tamanho e a densidade dos seios, a obesidade e o câncer de mama permanece difícil de compreender, entender a biologia envolvida pode ajudar a desenvolver novos equipamentos para detectar tumores”, disse Eriksson.
Independentemente do tamanho dos seios, é importante fazer exames regulares e ficar atenta a fatores de risco, como obesidade, consumo excessivo de álcool e histórico familiar da doença.[Daily Mail UK, foto]