sábado, 28 de julho de 2012

Novo leite em pó melhora sistema imunológico de bebês


Nem toda bactéria é nociva ao corpo humano. Existem as chamadas probióticas, que são benéficas ao hospedeiro se estiverem presentes em quantidades adequadas.
Agora, pesquisadores americanos desenvolveram um leite em pó que estimula a formação de colônias destas bactérias na flora intestinal de bebês, aumentando a eficiência do sistema imunológico nos primeiros meses de vida.
O nome da nossa heroína é a bactéria do gênero Bifidobacterium (Bb12), necessária em todos os intestinos infantis, mas presente em quantidades muito pequenas em alguns deles. O experimento, coordenado por nutricionistas da Universidade do Illinois (EUA), dividiu 172 bebês de até seis semanas de idade em dois grupos diferentes.
O primeiro grupo foi nutrido com uma fórmula padrão de alimentação, enquanto o segundo recebeu um preparado especialmente para aumentar a população de Bb12 nos sistemas digestivos. Os bebês do segundo grupo, conforme verificaram os cientistas, tinham maiores taxas de imunoglobulina anti rotavírus e poliovírus, além de outras defesas importantes.
A ideia do projeto é auxiliar as mães que por alguma razão não conseguem suprir o bebê com leite materno em quantidade suficiente para garantir sua saúde. Ao estimular o sistema de defesa natural do intestino, o novo leite em pó ajuda o bebê a combater infecções mais facilmente.
A eficiência deste leite em pó, conforme explicam os cientistas, é especialmente percebida entre os bebês nascidos por cesariana, que naturalmente desenvolvem menos recursos próprios para combater agentes patogênicos. Isso acontece porque as crianças nascidas por parto normal têm mais contato com bactérias da mãe ao nascer, o que estimula suas defesas desde o início. [Science Daily, Foto]