Por favor salvem esta menina. Apelo de Viana. Angola. Filha de 5 anos de idade que acerca de 2 anos está doente com Neoplasia Vesical (um tumor maligno na zona genital). O pouco que cada um pode dar já é muito para quem precisa, não precisamos ter muito para ajudar. Se cada um de nós depositar um pouco podemos ajudar a salvar a vida dessa menina. Quem puder ajudar pode depositar na conta: 000005001760033 ou IBAN A006.0034.0000.0500.1760.0334.1 de Lidia Manuel no banco Millenium

sábado, 7 de julho de 2012

Nova droga pode ser uma das causas da “febre zumbie” nos EUA


Estados Unidos, a polícia alerta contra uma nova droga chamada Nona Nuvem, que pode ser uma das causas dos ataques canibais, relata o jornal Daily Mail.
Recentemente a mídia informou de vários casos de ataques de canibais nos Estados Unidos. “Rudy Eugene, rosnando para a polícia, continuava a roer o rosto de sua vítima – um homem sem casa. A polícia atirou e matou Eugene” – informa o jornal.
O jornal também dá detalhes de outros incidentes. Em Miami, Brandon De Leon, arreganhando-se, ameaçou comer dois policiais. Em Louisiana, Carl Jakno de 43 anos mordeu a vítima no rosto, cortando com os dentes um pedaço de carne.
A polícia suspeita que o último tenha consumido a droga Nona Nuvem, o efeito de que leva uma pessoa a se comportar inadequadamente.
Os “sais de banho” são uma mistura de duas drogas sintéticas, chamadas metilenodioxipirovalerona (MDPV) e mefedrona. No Brasil, a mefedrona é conhecida como miau-miau e, segundo Reinaldo Correa, delegado da divisão de Prevenção e Educação do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc), é utilizada em boates e bares. “Só não podemos apreender, porque a droga não consta como substância proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)”, afirma. O MDPV é, pasmem, um inseticida agrícola, mas pode ser injetado, causando efeitos alucinógenos.
Apesar da proibição em 28 estados dos EUA, o acesso à droga é fácil no país. Pode ser encontrada na internet, em lojas de conveniência e até entre os verdadeiros sais de banho, com sugestivos nomes: Pomba Vermelha, Seda Azul, Zoom, Nuvem Nove, Neve Oceânica, Onda Lunar, Céu de Baunilha e Furacão Charlie.
No caso de Rudy Eugene, o canibal de Miami, as suspeitas do uso de “sais de banho” foram levantadas pelo fato de o homem estar completamente nu enquanto atacava a vítima. A droga acelera o metabolismo e provoca um aumento na temperatura corporal. “Quem consome essas drogas tem a sensação de estar queimando por dentro, então se despe, ou tenta se refrescar pulando na água”, disse o médico Paul Adams. “A taxa metabólica vai a 30% acima do normal, e geralmente o usuário apresenta sintomas de desidratação”. Quase um Crimson Head, gente!
Fonte: Voz da Rússia