domingo, 25 de outubro de 2009

Como aliviar calos e calosidades


Introdução
Você pode chamar seus pés do que quiser, mas o fato é que eles são estruturas altamente sofisticadas.

http://saude.hsw.uol.com.br/como-aliviar-calos-e-calosidades1.htm

O pé humano é um milagre da engenharia, projetado para suportar muito desgaste natural. Isto é bom, também, já que os seus pés são as partes mais usadas e abusadas do seu corpo. De acordo com a Associação Médica Norte Americana de Podiatras, o norte americano anda em média 210.000 km em toda a sua vida, uma distância que lhe permitiria fazer a volta ao mundo quatro vezes. Seus pés sustentam o peso de seu corpo, roupas, e quaisquer outras coisas que você esteja carregando. Em um dia comum de caminhada, eles são submetidos a uma força de centenas de toneladas.

2006 Publications International, Ltd.
Calcula-se que 87% dos adultos norte americanos tenham algum tipo de problema nos pés

Não importa se os seus pés tem um formato bem projetado, porém, alguma coisa pode não funcionar direito. Na verdade, calcula-se que 87% dos adultos norte americanos tenham algum tipo de problema nos pés. Entre os mais comuns, estão os calos e calosidades, que são formados de partes da pele enrijecidas para proteger o pé contra o atrito ou a pressão freqüentes. Esta matéria irá fornecer dicas sobre como aliviar a dor dos calos e calosidades, assim como algumas sugestões para a remoção desse problema. Vamos começar com algumas informações gerais sobre este tipo de aflição.

Os calos aparecem em duas variedades: duros e moles. Calos duros são geralmente encontrados nas partes superiores dos dedos do pé ou nas partes laterais dos dedinhos, onde a pele entra em atrito com o sapato. As vezes, um calo se forma na sola, causando uma dor localizada aguda sentida a cada passo. Calos moles, que são úmidos e borrachentos, formam-se entre os dedos do pé, onde o osso de um dedo faz pressão sobre o osso do dedo vizinho. Tanto os calos duros como os moles têm formato de cone, com a ponta para dentro do pé, o que você vê é a base do cone. Quando um sapato ou um outro dedo faz pressão contra o calo, a ponta pode apertar o tecido sensível de baixo, causando dor.

Ao contrário dos calos, as calosidades se formam geralmente sobre uma superfície lisa e não tem ponta. Elas geralmente aparecem nas partes que suportam o peso no pé: na sola ou no calcanhar. Cada passo pressiona a calosidade contra o tecido embaixo e pode causar dor, ardor ou sensibilidade, mas raramente, uma dor aguda.

Na seção seguinte, vamos oferecer dicas e técnicas sobre como trazer alívio a seus pés.

Estas informações são somente para fins instrutivos. ELAS NÃO PRETENDEM FORNECER CONSELHOS MÉDICOS. Nem os jornalistas do Consumer Guide (R), Publications International, Ltd., tampouco o autor ou o editor se responsabilizam pelas possíveis conseqüências de qualquer tratamento, procedimento, exercício, modificação de dieta, atitude ou uso de medicação resultante da leitura ou observação das informações contidas neste informativo. A publicação deste artigo não constitui a prática de medicina, e este informativo não substitui a opinião de seu médico ou outro agente de saúde. Antes de tomar qualquer decisão sobre tratamento, o leitor deve procurar ouvir a opinião de seu médico ou outro agente de saúde.

Dicas e técnicas
A boa notícia é que existem procedimentos que você pode fazer para aliviar o desconforto que acompanha esses dois problemas. Tente utilizar as dicas a seguir para aliviar a pressão sobre esses pontos de irritação. Se, apesar das estratégias de auto-ajuda, o seu calo ou calosidade continuar a causar desconforto, visite o seu pedicure. Além disto, se você sofrer de diabetes ou qualquer outra enfermidade que afete a circulação, não tente nenhum auto-tratamento e visite o seu pedicure imediatamente.

Brinque de detetive - calos e calosidades não aparecem simplesmente do nada. O excesso de pressão e atrito podem produzir áreas de pele morta, mais grossa no seu pé. A solução? Descubra e elimine a causa deste atrito, e tome outras providências para prevenir calos e calosidades.

Corte as unhas dos pés - as unhas dos pés são projetadas para proteger os dedos de danos. Porém, a pressão contínua do sapato sobre a unha do pé pode forçar a junta do dedo contra o sapato, formando um calo. Para retirar a pressão, mantenha as suas unhas do pé bem aparadas. Corte-as retas em sua extensão para que não fiquem acima da ponta do dedo. Então, lixe cada uma delas para suavizar qualquer superfície áspera.

Faça um escalda pé - a eliminação da fonte do problema é essencial, mas a dor aguda do calo pode pedir um alívio imediato. Faça um escalda pé em uma solução de sais e água morna, depois aplique um creme hidratante e enrole o pé em um saco plástico. Mantenha o pé protegido por algumas horas (enquanto você vê televisão ou lê, por exemplo). Então remova o saco plástico e suavemente massageie o calo de um lado para o outro com uma pedra-pomes. Tenha em mente que o escalda pés fornece um alívio temporário, mas não uma cura definitiva.

2006 Publications International, Ltd.
O escalda pés pode dar um alívio temporário para calos e calosidades

Coloque gelo em um calo duro - se um calo duro estiver tão dolorido e inchado que você não possa nem mesmo pensar em colocar um sapato, coloque gelo sobre ele para ajudar a reduzir um pouco o inchaço e o desconforto.

Não corte - na farmácia você encontra milhares de aparelhos para cortar e aparar calos e calosidades, mas você deve ignorar todos eles para o bem dos seus pés. Cortar os calos pode causar infecção e muito sangramento, por isso não vale a pena arriscar.

Proteja-o - a proteção e o curativo oferecem outra maneira para aliviar temporariamente o desconforto dos calos e calosidades. Ambos transferem a pressão do sapato do ponto dolorido para um que está livre da dor. Os curativos sem medicamento, por exemplo, envolvem a região afetada com um material mais alto, evitando, assim, que o calo fique em contato com o sapato.

Uma idéia parecida se aplica quando um curativo é feito em um calo. Corte um pedaço de proteção para curativos em dois pedaços em formato de meia lua e coloque-os em lados opostos da área com calosidade para protegê-la de mais irritações.

Separe seus dedos - para aliviar os calos moles entre os dedos, mantenha-os separados por lã ou algodão. Um circulo pequeno de feltro, como os feitos para os calos duros, também pode ser usado para esta finalidade.

Cuide bem de seu calo mole - além de separar os seus dedos do pé, polvilhe um pouco de amido de milho ou talco de bebê entre eles para ajudar a absorver a umidade e proteger a pele para não rachar.

Faça o seu próprio creme - para os calos, faça você mesmo seu creme amaciante. Faça uma pasta usando cinco ou seis comprimidos de aspirina, uma colher de sopa de suco de limão, e aplique no calo. Depois enrole o seu pé em um saco plástico e enrole uma toalha morna em volta do plástico. Espere dez minutos, desenrole o pé e suavemente faça uma massagem no calo com uma pedra pomes.

Você pode tratar seus pés com chá - dar um banho em seus pés com chá de camomila tem um efeito suavizante e irá mudar temporariamente o pH da pele para ajudar a secar os pés com excesso de suor (a umidade pode contribuir para os problemas dos pés). O chá irá tingir seus pés, mas a mancha pode ser facilmente removida com água e sabão.

Resguarde seus pés - se você espera fazer uma caminhada ou corrida mais longa, cubra os seus pés com um pouco de vaselina para reduzir o atrito.

Provavelmente a melhor coisa que você pode fazer para os seus pés é encontrar o calçado correto. Na seção seguinte iremos mostrar como a escolha dos sapatos corretos é um grande passo para evitar os calos e calosidades.