segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Cidade do Reino Unido usa esgoto tratado para aquecer casas


Chefes de família de Didcot, cidade inglesa no condado de Oxfordshire, se tornaram os primeiros no Reino Unido a utilizar o gás fabricado a partir de seus próprios resíduos humanos e fornecidos através da rede nacional para aquecer seus lares.

Até 200 casas em Oxfordshire vão usar biometano feito a partir de esgoto que haviam descartado pela descarga durante as três semanas anteriores. O esgoto é limpo antes de ser transformado em biometano útil.

Am empresas da área British Gas, Thames Water e Scotia Gas Networks têm a esperança de lançar o mesmo processo em todo o Reino Unido. Segundo uma perspectiva da União Europeia, até 2020, 15% da energia produzida pela Grã-Bretanha virá de fontes renováveis.

Orrill Martin, diretor de tecnologia, energia e inovação da British Gas, afirma que o fornecimento de gás através da rede nacional foi um passo lógico na oferta energética do país para cumprir esses objetivos. Ele acrescenta que os clientes não tem necessidade alguma de se sentirem enjoados, muito pelo contrário; eles devem estar orgulhosos de participar do esforço de reciclagem incomum.

“Eles não notarão qualquer diferença já que a de energia renovável não tem odor e a infraestrutura para entregar o gás já está pronta”, garantiu. Todo o processo deve levar cerca de 23 dias desde a descarga até o retorno como fonte de energia.

A prática do uso de biodigestores – bactérias cuidadosamente geridas – para transformar as fezes em um meio de geração de energia elétrica já está bem estabelecida em todo o país.

Mãe de duas crianças, Kathryn Rushton, de 45 anos, está entre os pioneiros cujo fornecimento de gás vem de esgoto. “Eu falei a meus filhos sobre a origem da energia e primeiro eles torceram os narizes”, conta. “Mas depois eles pensaram melhor e viram que é uma ótima ideia”.

“É feita a partir de algo que todos nós produzimos e é renovável. Estamos lutando para encontrar fontes de energia, de modo que devemos usar tudo o que pudermos. Eu sou definitivamente uma defensora dessa”, assegura.

Outras empresas de energia também anunciaram seus planos para injetar biometano direto para a rede no futuro. A United Utilities planeja servir 500 casas em Manchester utilizando o mesmo sistema empregado em Oxfordshire.O esquema de US$ 4,3 milhões entraria em vigor na metade de 2011. [BBC]

http://hypescience.com/cidade-do-reino-unido-usa-esgoto-tratado-para-aquecer-casas/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE