quarta-feira, 9 de junho de 2010

Estranhos podem escolher por quem você se apaixona


Há um ditado que diz que o amor é cego – mas, segundo novas pesquisas, o amor não só enxerga bem como leva em consideração o que os outros acham bonito. Aparentemente, gostamos do que outras pessoas também gostam: isso aumenta a crença de que a atração e a beleza são relativas.

Claro que você leva em consideração o que seus amigos ou amigas acham de um pretendente, mas o estudo mostrou que também consideramos o que completos estranhos acham atraente.

Os resultados mostram o que cientistas chamam de “cópia de escolha de parceiro” – basicamente, um indivíduo copia o outro em escolhas amorosas e sexuais. O fenômeno já foi comprovado em pássaros e em outros animais, mas nunca em humanos. Basicamente, os cientistas gravaram situações (festas, bares, etc.) em que as pessoas estavam fazendo escolhas reais de parceiros.

Depois 40 homens e 40 mulheres assistiram os vídeos. Tanto eles quanto elas achavam pessoas mais interessantes quando, no vídeo, outros eram atraídos pelo indivíduo.

Os homens tiveram um comportamento ainda mais interessante. Eles ficavam atraídos por uma mulher se ela era objeto da atenção de um cara que eles considerassem tão ou mais atraentes do que eles mesmos.

De uma visão evolucionária, procurar um parceiro que outros considerem apto pode ser uma boa coisa. [LiveScience]

http://hypescience.com/estranhos-podem-escolher-por-quem-voce-se-apaixona/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE