quarta-feira, 9 de junho de 2010

Um ciborgue da vida real que consegue “ouvir cores”



Conheça Neil Harbisson, um cara de 28 anos que tem uma condição chamada achromatopsia – o que quer dizer que ele vê apenas em preto e branco. Mas, como você pode perceber pela foto do sujeito, ele tem uma câmera na cabeça. A engenhoca consegue converter as cores em ondas sonoras permitindo que Neil “ouça” as cores das coisas.

Harbisson não via cor nenhuma até conhecer um colega engenheiro que desenvolveu a câmera para ele. Agora ele estuda artes e faz trabalhos que vão além do visual. O quadro abaixo, por exemplo, é a interpretação de Neil de uma composição de Bach em Ré menor. Basicamente ele ouviu cada nota e a comparou com a vibração que recebia de cada cor, colocando tudo na tela.

Harbisson, de sua forma peculiar, consegue sentir 360 cores. Legal seria se nós também pudéssemos ouvir a arte dele, junto com o trabalho visual. [Gizmodo]

http://hypescience.com/um-ciborgue-da-vida-real-que-consegue-“ouvir-cores”/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE