terça-feira, 15 de junho de 2010

Seu casamento está te deixando doente?


Você come direito, se exercita regularmente e sempre faz exames preventivos. E de repente você está doente! Talvez haja uma coisa que você ainda não tenha se habituado a fazer: manter um relacionamento saudável e conversar com seu marido ou com sua esposa.

Um novo estudo da Universidade de Ohio mostrou o quanto pode ser fisicamente desgastante discutir com seu cônjuge. Os pesquisadores analisaram 37 casais – primeiramente eles os observaram conversando normalmente e fizeram pequenos cortes nos braços deles. Depois de 12 dias os casais voltaram.

Os cientistas perceberam que as feridas curavam-se mais rapidamente naqueles casais que tinham melhores habilidades de comunicação entre si.

Mas porque isso acontece? Os pesquisadores acreditam que tenha algo a ver com a oxitocina – um hormônio protetor. E nos casais com melhor comunicação os níveis de oxitocina no sangue eram realmente maiores.

Especialistas acham que o stress matrimonial pode ser ainda mais
negativo para a sua saúde do que o stress por motivos profissionais.

Mas ter um casamento feliz e saudável pode não ser tão simples. Selecionamos algumas dicas de especialistas que podem ajudar a manter seu relacionamento e sua saúde em perfeito estado:

1. ARGUMENTE BEM:

Nas brigas, o que realmente importa não é a briga em si, mas a qualidade dos argumentos usados. Por exemplo, se você, moça, quer ajuda na cozinha não deve dizer “odeio o quanto você é preguiçoso e nunca me ajuda”, mas sim “acho que poderíamos aprender a trabalhar juntos na cozinha”. A mesma coisa serve para os rapazes em outras situações.

2. SUA ESPOSA OU SEU MARIDO É IRRITANTE – AGÜENTE A PARADA:

Segundo especialistas que observaram relacionamentos duradouros, as pessoas com vida amorosa bem-sucedida não tentam mudar hábitos irritantes do parceiro, mas aprendem a tolerá-los. Então se você está irritado porque seu companheiro (a) enfia revistas e livros em todos os cantos da casa, em vez de achar isso um hábito ridículo pode pensar que isso indica que ele/ela é uma pessoa curiosa e culta.

3. NÃO GRITE COM QUEM GRITA COM VOCÊ:

Ok, você se casou com uma pessoa que grita durante as brigas. A grande solução é não gritar de volta. Se a pessoa também não baixar o tom, responda em uma voz calma que só irá conversar se for em um tom normal.

4. LIMITE AS FOFOCAS:

Estudos mostram que, quando você conta para seus amigos de uma briga que teve com o parceiro, a resposta tende a ser, claro, favorável para você e extremamente desfavorável para o outro (comentários do tipo “mas ele é um irresponsável” ou “ela é muito carente” são comuns). Só que eles o deixam ainda com mais raiva do outro e não ajudam a resolver a briga. Então evite comentar sobre suas brigas conjugais com seus amigos.

5. LEMBRE-SE DOS BONS MOMENTOS:

Mesmo em casamentos estressantes há bons momentos – ou então você não estaria casado, certo? Como esses momentos ocorreram? O que você fez para criar a situação? Essas lembranças podem fornecer dicas preciosas para superar alguma desavença. [CNN]

http://hypescience.com/seu-casamento-esta-te-deixando-doente/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE