sexta-feira, 25 de junho de 2010

A mãe mais velha do mundo está morrendo de causas naturais!


Rajo Devi Lohan, a mãe mais velha do mundo, deu a luz à sua filha com a idade de 70 anos. Agora, 18 meses depois do parto, ela está morrendo por causas naturais (em outras palavras, “de velhice”).

Rajo vive em uma aldeia pobre, na Índia. Ela e seu marido, Balla, emprestaram 3 mil dólares para que fosse realizada uma fertilização in vitro. Mas houve complicações – durante o parto (uma cesariana) o útero de Rajo rompeu.

Nos anos 80, médicos jamais aceitariam fazer um tratamento de fertilidade em uma mulher de 40 anos, pelo risco que isso representaria tanto para a mãe quanto para o bebê. Mas posteriormente, os médicos descobriram que mulheres mais velhas poderiam carregar o bebê – desde que um óvulo fosse doado e implantado no útero delas. O caso mais emblemático aconteceu em 1994, quando um médico italiano conseguiu fazer uma mulher de 62 anos dar a luz.

Desde então, o número de mães idosas só aumentou. Mas os avanços na fertilização humana foram muito grandes – e os avanços na manutenção da saúde, em geral, não conseguiram acompanhar esse passo. Aí fica a questão: quando uma mulher está velha demais para criar uma família?

O caso de Rajo não é o primeiro. Ano passado, nos Estados Unidos, uma mulher de 66 anos morreu após ser fertilizada em uma clínica onde mentiu sua idade para “conseguir um bebê”.[PopSci]

http://hypescience.com/a-mae-mais-velha-do-mundo-esta-morrendo-de-causas-naturais/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE