quarta-feira, 2 de junho de 2010

Erros Médicos. Vítimas de erros médicos podem receber ressarcimento financeiro para cobrir contas médicas e hospitalares presentes e futuras


Erros médicos causam a morte ou incapacitam quase 100 mil pessoas por ano nos Estados Unidos. Médicos e hospitais tem obrigação legal de ter apólice de seguro para proteger aqueles que venham a ser vitimados por erros médicos..

Para análise de seu caso, entre em contato com nosso escritório:
Ligação Gratuita 1(888)-4 IARA LAW
http://www.nogueiramorton.com/medic_port.htm

Há vários tipos de erros médicos
Alguns exemplos incluem, mas não se limitam a: diagnósticos errados, demora excessiva na determinação do diagnóstico, cuidado médico inapropriado, negligência na performance de procedimentos cirúrgicos, erros na prescrição de medicamentos, negligência em esquecer objetos cirúrgicos dentro do paciente, abandono do paciente, etc. Muitos erros médicos podem ser atribuídos à burocracia do sistema de assistência e administração da saúde pública. No entanto, erros médicos ocorrem quando médicos e pacientes tem problemas de comunicação, quando, por exemplo, o médico não fornece explicação suficiente ao paciente a fim de possibilitar que este tome uma decisão adequada para seu quadro médico em questão.

Vítimas de erros médicos podem receber ressarcimento financeiro para cobrir contas médicas e hospitalares presentes e futuras, perdas salariais presentes e futuras, ressarcimento em conseqüência das seqüelas permanentes como incapacidade física, desfiguração, cicatrizes e pela dor, sofrimento, angústia mental, trauma psicológico, desconforto, embaraço, humilhação e perda da capacidade de aproveitar a vida sem restrições.

Em alguns casos de erros médicos que possam ocorrer durante a gravidez ou o parto, as complicações ou seqüelas podem não ser detectadas durante meses ou até anos após o nascimento do bebê. Uma ação para indenização por erros médicos pode ser iniciada geralmente dentro de dois após a ocorrência do erro médico ou após a descoberta do erro médico. Geralmente, após a expiração do prazo limite para se iniciar uma ação deste tipo, estará eliminado o direito do paciente buscar recurso legal. No entanto, dependendo de como e quando foi descoberta a negligência médica, exceções da regra geral podem se aplicar ao caso em questão, permitindo que o paciente lesado ainda possa iniciar uma ação legal.

No entanto, cautela antes de acusar o seu médico. Faça perguntas. Se as respostas não fazem sentido ou se o paciente está suspeito, ele deve procurar ajuda e opinião de outro profissional. Visite pelo menos outro médico a fim de obter uma segunda opinião referente ao seu caso, e entre em contato com nosso escritório para uma avaliação. Por esta ser uma área especializada e complexa, nosso escritório trabalha aliado a um time de profissionais altamente competentes e experientes em ações por erros médicos, durante a análise e representação de sua causa.