segunda-feira, 19 de julho de 2010

As curvas de uma mulher podem indicar se sua memória é boa



Lembra que falamos sobre como o peso pode afetar a capacidade intelectual da mulher? A mesma pesquisa, feita por Diana Kerwin, revela que o formato do corpo feminino também pode revelar se a memória da mulher, quando ela for mais velha, será boa ou não.

Segundo a pesquisa feita na Universidade de Northwestern, quanto mais quilinhos extras a mulher possuir, pior será sua memória. O efeito é ainda mais pronunciado quando esses quilinhos estão concentrados nos quadris (o chamado formato de “pêra”) do que quando estão concentrados na cintura (formato “maçã”).

A razão pela qual os tipos “pêra” têm mais problemas de memória pode estar relacionada ao tipo de gordura que é depositada no quadril da mulher, que é diferente da gordura que se localiza na cintura.

Os cientistas sabem que diferentes tipos de gordura secretam diferentes tipos de hormônio – e eles podem causar inflamações e afetar o processo cognitivo de uma pessoa. De acordo com Diana Kerwin, autora do estudo, certos tipos de gordura podem contribuir para a formação de placas ligadas ao desenvolvimento do Alzheimer e restringir o fluxo de sangue para o cérebro.

O estudo analisou mais de 8 mil mulheres com idades entre 65 a 79 anos, período conhecido como pós-menopausa. Segundo Kerwin a obesidade é ruim, mas seus efeitos são piores dependendo do lugar onde a gordura está localizada.

Dietas e exercícios não podem modificar onde a nossa gordura se localiza, mas podem nos ajudar a diminuir sua quantidade. [CNN]

http://hypescience.com/as-curvas-de-uma-mulher-podem-indicar-se-sua-memoria-e-boa/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE