segunda-feira, 19 de julho de 2010

Será que sua vizinhança faz mal ao seu coração?


Um estudo da Universidade de Harvard descobriu que a saúde das mulheres é mais vulnerável às dificuldades de sociabilidade. É por isso que você, leitora, deve tomar um cuidado especial para manter saudáveis as suas relações com vizinhos e outras pessoas próximas. Seu coração agradece.

As conclusões foram tiradas a partir de pesquisas sociais relacionadas a exames médicos dos 3.000 pesquisados, entre homens e mulheres entre 32 e 50 anos, de centros urbanos dos Estados Unidos. Eles analisaram todos os fatores sociais que envolvem o local onde as pessoas passam a maior parte do tempo, os bairros. Isso inclui analisar os indicadores de renda, escolaridade e profissões dos moradores, assim como as relações entre eles.

O resultado das observações mostrou que, para as mulheres, a chance de desenvolver calcificação nas artérias (fenômeno que leva à aterosclerose, doença em que se formam placas nos vasos sanguíneos) era maior entre aquelas que viviam “fechadas” em seus bairros, sem se comunicar com os vizinhos. Aquelas cujas relações sociais eram mais saudáveis e coesas com as demais moradoras apresentaram menor índice de calcificação arterial.

A pesquisa é parte de uma nova “tendência” médica, que se preocupa ainda mais com o contexto social dos pacientes para chegar à origem dos problemas de saúde. Como destaca um dos coordenadores da pesquisa, é necessário um maior acompanhamento “dos contextos e das condições em que as pessoas nascem, crescem, vivem e trabalham”, que vai além das clínicas. [Reuters]

http://hypescience.com/sera-que-sua-vizinhanca-faz-mal-ao-seu-coracao/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE