quarta-feira, 26 de maio de 2010

Criada vida artificial


E não estamos falando de robôs: cientistas nos Estados Unidos conseguiram criar a primeira célula viva feita de materiais sintéticos.

Os cientistas construíram um software genético e o transferiram para uma célula hospedeira. O micróbio que resultou se comportava exatamente da maneira esperada pelos pesquisadores.

Até agora a criação foi considerada um grande avanço científico, mas alguns especialistas acreditam que há perigos em relação a essa vida artificial – se elas forem liberadas no meio-ambiente, por exemplo, não se sabe quais poderiam ser as conseqüências, mas é certo que causariam um desequilíbrio.

A esperança é que, eventualmente, essas bactérias artificiais (que podem, sim, ser controladas) produzam combustíveis, remédios e, até mesmo, reduzam a emissão de gases causadores do efeito-estufa. Alguns cientistas acreditam que a inovação representaria uma nova revolução industrial.

Os pesquisadores já transferiram o genoma de uma célula para outra, mas é a primeira vez em que um genoma criado artificialmente, para se comportar de maneira determinada, é transferido para outro organismo e aceito. [BBC]

http://hypescience.com/criada-vida-artificial/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE