segunda-feira, 17 de maio de 2010

Trabalhar além da conta faz mal para o coração


A cada dia que passa, este mundo competitivo que nos cerca obriga as pessoas a fazer uma escolha: o sucesso profissional ou a saúde. Cientistas estão comprovando que uma jornada de trabalho superior a 10 horas diárias pode aumentar em até 60% as chances de ter algum problema do coração ou até sofrer um ataque cardíaco. O tempo saudável que os médicos recomendam é, no máximo, sete horas por dia no batente.

Quem está à frente deste estudo é um instituto de saúde da Finlândia, que atribui esses riscos à falta de equilíbrio entre lazer e trabalho, além da elevação dos níveis hormonais realcionados à maioria dos empregos atualmente. O estudo chegou à conclusão que os níveis de estresse sobem no organismo mesmo que a pessoa não se sinta estressada.

A pesquisa começou em 1985, quando analisaram mais de 300 trabalhadores britânicos, alguns com jornadas de trabalho superiores a 12 horas diárias, e foram acompanhando os casos médicos de ataques cardíacos (em boa parte, fatais) dos trabalhadores.

Alguns trabalhos podem até ajudar a ter uma vida mais saudável, desde que a pessoa o execute sem estar preso a vícios no trabalho. Quem fuma no trabalho, almoça coisas gordurosas no intervalo do expediente e não arranja um tempo para fazer exercícios físicos está obviamente mais suscetível a complicações cardíacas. Se a pessoa toma atitudes corretas, evita alguns problemas, embora o stress, segundo o estudo, seja inevitável. [CNN]

http://hypescience.com/trabalhar-alem-da-conta-faz-mal-para-o-coracao/?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+feedburner/xgpv+(HypeScience)

HYPESCIENCE