terça-feira, 18 de maio de 2010

Que segredos escondem as mulheres mais saudáveis do globo?


A Organização Mundial de Saúde desenvolveu um estudo com o objectivo de identificar os locais do globo onde se praticam melhores hábitos saudáveis.

Encontrámos mulheres que evidenciam uma excelente forma física. Quem e de que forma? Eis o resultado da pesquisa:

http://sermulher.mundopt.com/nutricao/que_segredos_escondem_as_mulheres_mais_saudaveis_do_globo.html

Países onde as mulheres atingem maior longevidade
1 Japão
2 Mónaco
3 Andorra
4 Austrália
5 Espanha

O que podemos aprender com os Japoneses
Diga sim à soja ‘Pelo menos 40% da população japonesa come diariamente ao pequeno-almoço sopa de miso, confeccionada com rebentos de soja’, afirma Letha Hadady, especialista em medicina herbária asiática e autora de Feed your Tiger. Estudos recentes mostraram que, as mulheres que consomem soja pelo menos uma vez por semana, diminuem em 50% o risco de contraír cancro da mama. Contudo, os resultados da pesquisa também sugerem que a soja, quando processada, pode, eventualmente ter o efeito inverso, pelo que não convém de todo abastecer o frigorífico com grandes quantidades de alimentos processados. Opte por ingredientes japoneses naturais, como por exemplo o leite de soja, tofu ou miso.

Substitua o café pelo chá. Os italianos bebem expresso, os russos vodka e os japoneses chá verde. Mais de metade da população japonesa bebe chá diariamente. Estudos comprovam que, os seus níveis elevados de catequinas (polifenóis naturais; antioxidantes) constituem uma poderosa barreira ao desenvolvimento de doenças e destroem células cancerígenas, além de fazerem baixar os níveis de colesterol.

Países onde raramente se registam ataques cardíacos em mulheres

1 Quiribáti
2 França
3 Japão
4 Mónaco
5 Coreia do Sul

O que podemos aprender com os Franceses
Ao franceses têm vinhos da região de Champagne, Bordeaux, Borgonha, uma paisagem em tudo sinónima de vinho, não admira portanto, que estes abram garrafas de vinho com frequência. De facto, estes consomem um copo com vinho diariamente. Este consumo moderado diminui o risco de desenvolvimento de doenças cardíacas nas mulheres até 40% , de acordo com um estudo da Harvard School of Public Health. Mais boas notícias: Um copo com vinho da região sudoeste de França - nomeadamente de Mariran – pode conter até cinco vezes mais procianidinas (antioxidantes que aumentam a resistência das fibras colágenas, exercendo um efeito protector sobre as paredes dos vasos sanguíneos), quando comparado com vinhos tintos de outras regiões. Tal deve-se à utilização de uma técnica tradicional de produção que confere maior tempo de fermentação às uvas.

O que podemos aprender com os Sul-coreanos

Coma mais alho. Nenhuma refeição coreana está completa sem o kimchi – um acompanhamento à base de alho crú. O segredo deste ingrediente é uma enzima, que bloqueia o alojamento do colesterol nas veias, protegendo desta forma o coração. Esta enzima é libertada apenas quando o alho é esmagado ou cortado em pedaços, encontrando-se o seu efeito quando este alimento é cozinhado. Coloque pequenos pedaços de alho crú sobre o seu peixe, pratos de massa ou vegetais antes de servir, ou adquira kimchi no seu supermercado ou ainda pode encomendar on-line através do koamart.com.

Países onde as mulheres são na sua maioria magras (apesar da quantidade e variedade de alimentos disponível)

1 Japão
2 Noruega
3 Suíça
4 Itália
5 Dinamarca